sicnot

Perfil

País

Médico de família para mais de 600 mil pessoas em julho

O Governo quer dar médico de família a mais de 600 mil pessoas já em julho.

Regis Duvignau / Reuters

É uma notícia avançada pelo jornal Público que diz que o Ministério Público abriu 338 vagas para a contratação de jovens médicos de família nos locais mais carenciados do país.

Mais de metade das vagas abertas são para a região de Lisboa e Vale do Tejo, onde ainda há mais de 700 mil pessoas sem médico de família. O Algarve é a segunda região com mais carências.

Os médicos devem começar a trabalhar já a partir do início de julho. A cada profissional deverá ser atribuído uma lista de 1900 utentes.

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares