sicnot

Perfil

País

Bragança, Beja e Faro com risco extremo de exposição a raios UV

As regiões de Bragança, Beja e Faro apresentam hoje risco extremo de exposição à radiação ultravioleta (UV), informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Eliseo Fernandez / Reuters

De acordo com o instituto, estão ainda em risco extremo, o mais elevado da escala, alguns concelhos dos distritos de Vila Real, da Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Setúbal.

As restantes regiões do país, à exceção de Aveiro, estão com risco muito alto de exposição à radiação UV, refere o IPMA na sua página na internet.

Para as regiões com níveis de risco extremo, o IPMA recomenda evitar o mais possível a exposição solar, enquanto para as regiões com níveis de risco muito alto aconselha o uso de óculos de sol, chapéu, t-shirt, guarda-sol, protetor e que seja evitada a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre menor do que 02, em que o UV é "Baixo", 03 a 05 ("Moderado"), 06 a 07 ("Alto"), 08 a 10 ("Muito Alto") e superior a 11 ("Extremo").

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje, nas regiões norte e centro, céu geralmente muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da tarde, e uma pequena descida da temperatura máxima.

Prevê ainda períodos de chuva fraca ou chuvisco nas regiões do litoral, em especial no Minho, até ao final da manhã.

O vento soprará fraco a moderado de noroeste, soprando moderado no litoral a sul do Cabo Carvoeiro em especial durante a tarde, e sendo moderado a forte nas terras altas.

Para a região sul, as previsões apontam para céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se geralmente muito nublado nas regiões do litoral oeste até meio da manhã, e uma pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior.

O vento estará fraco a moderado de noroeste, soprando moderado a forte no litoral oeste e nas terras altas, por vezes com rajadas até 65 km/h.

Para a Madeira, são esperados períodos de céu muito nublado e possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos nas vertentes norte e terras altas até final da manhã.

Nas ilhas açorianas Flores e Corvo (grupo ocidental), o céu apresentar-se-á muito nublado, prevendo-se também neblinas ou nevoeiro.

Estão também previstos períodos de chuva, passando a aguaceiros fracos para a noite.

O céu também estará muito nublado no grupo central (Graciosa, São Jorge, Terceira, Faial e Pico), prevendo-se períodos de chuva fraca ou chuvisco.

Para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) preveem-se períodos de céu muito nublado com boas abertas.

As temperaturas máximas previstas para hoje são de 23 graus Celsius em Lisboa, 21 no Porto, 33 em Faro, 26 no Funchal e 22 em Ponta Delgada.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:30

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje, nas regiões norte e centro, céu geralmente muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da tarde, e uma pequena descida da temperatura máxima.

  • D.A.M.A. participam em campanha de prevenção contra o cancro
    3:29

    Cultura

    Neste fim de semana prolongado e com temperaturas mais elevadas, próprias desta época do ano, nunca é de mais recordar que a exposição ao Sol só é saudável se for feita com cuidado. Os D.A.M.A., aderiram a uma campanha da Liga Portuguesa Contra o Cancro e a SIC mostra-lhe o novo ritmo para este Verão.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.