sicnot

Perfil

País

Mais de 20 mil pessoas obtiveram nacionalidade portuguesa em 2014

Em 2014, 21.124 pessoas adquiriram nacionalidade portuguesa, 95% das quais eram oriundas de países fora da União Europeia (UE), segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat.

© Rafael Marchante / Reuters

Portugal é um dos 15 Estados-membros onde pelo menos nove pessoas em cada dez das que obtiveram cidadania eram oriundas de países externos à UE, numa lista dominada pela Estónia (100%), Bulgária (99%), Espanha, Lituânia e Roménia (98% cada), Grécia e Letónia (97% cada), Dinamarca, Portugal e Eslovénia (95% cada), Polónia (94%), Itália (93%), Reino Unido (92%), Croácia (91% e França (90%).

No extremo oposto encontra-se o Luxemburgo (82%) e a Hungria (77%), onde a maioria das concessões de nacionalidade foram para cidadãos de outro Estado-membro e, no primeiro caso, 37,8% eram portugueses.

Depois dos portugueses, a segunda maior percentagem de cidadãos europeus a receberem nacionalidade luxemburguesa foram italianos (12,9%), seguindo-se franceses (9,6%).

Dos estrangeiros que adquiriam nacionalidade portuguesa em 2014, 22% eram brasileiros, 15,7% ucranianos e 15,1% cabo-verdianos.

Na média da UE, o maior número de nacionalidades foi concedida a cidadãos marroquino, num total de 92.700 pessoas, 88% das quais se nacionalizaram espanholas, italianas ou francesas, seguindo-se albaneses (41.000 pessoas), turcos (37.500), indianos (35.300) e equatorianos (34.800 pessoas).

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..