sicnot

Perfil

País

Mais de 20 mil pessoas obtiveram nacionalidade portuguesa em 2014

Em 2014, 21.124 pessoas adquiriram nacionalidade portuguesa, 95% das quais eram oriundas de países fora da União Europeia (UE), segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat.

Reuters

Portugal é um dos 15 Estados-membros onde pelo menos nove pessoas em cada dez das que obtiveram cidadania eram oriundas de países externos à UE, numa lista dominada pela Estónia (100%), Bulgária (99%), Espanha, Lituânia e Roménia (98% cada), Grécia e Letónia (97% cada), Dinamarca, Portugal e Eslovénia (95% cada), Polónia (94%), Itália (93%), Reino Unido (92%), Croácia (91% e França (90%).

No extremo oposto encontra-se o Luxemburgo (82%) e a Hungria (77%), onde a maioria das concessões de nacionalidade foram para cidadãos de outro Estado-membro e, no primeiro caso, 37,8% eram portugueses.

Depois dos portugueses, a segunda maior percentagem de cidadãos europeus a receberem nacionalidade luxemburguesa foram italianos (12,9%), seguindo-se franceses (9,6%).

Dos estrangeiros que adquiriam nacionalidade portuguesa em 2014, 22% eram brasileiros, 15,7% ucranianos e 15,1% cabo-verdianos.

Na média da UE, o maior número de nacionalidades foi concedida a cidadãos marroquino, num total de 92.700 pessoas, 88% das quais se nacionalizaram espanholas, italianas ou francesas, seguindo-se albaneses (41.000 pessoas), turcos (37.500), indianos (35.300) e equatorianos (34.800 pessoas).

Lusa

  • Hoje é notícia

    País

    O Parlamento debate o Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas do Governo e recomendações de PSD, BE, CDS-PP e PCP sobre o documento, com objetivos diferentes e que apenas serão votadas na quinta-feira. O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil reúne-se, em Lisboa, com vários Sindicatos Europeus de Tripulantes de Cabine da Ryanair, para debater a atual situação da transportadora. Liverpool e Roma jogam para a final da Liga dos Campeões.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Atravessar passadeira com sinal vermelho dá direito a molha na China
    0:56