sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje, nas regiões norte e centro, céu geralmente muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da tarde, e uma pequena descida da temperatura máxima.

Prevê-se períodos de chuva fraca ou chuvisco nas regiões do litoral, em especial no Minho, até ao final da manhã. O vento soprará fraco a moderado de noroeste, soprandomoderado no litoral a sul do Cabo Carvoeiro em especial durante a tarde, e sendo moderado a forte nas terras altas.

Para a região sul, as previsões apontam para céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se geralmente muito nublado nas regiões do litoral oeste até meio da manhã, e uma pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior.

O vento estará fraco a moderado de noroeste, soprando moderado a forte no litoral oeste e nas terras altas, por vezescom rajadas até 65 km/h.

Para a Madeira, são esperados períodos de céu muito nublado e possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos nas vertentesnorte e terras altas até final da manhã.

Nas ilhas açorianas Flores e Corvo (grupo ocidental) o céu apresentar-se-á muito nublado, prevendo-se também neblinas ou nevoeiro.

Estão também previstos períodos de chuva, passando a aguaceiros fracos para a noite.

O céu também estará muito nublado no grupo central (Graciosa, São Jorge, Terceira, Faial e Pico), prevendo-se períodos de chuva fraca ou chuvisco.

Para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) preveem-se períodos de céu muito nublado com boas abertas.

As temperaturas máximas previstas para hoje são de 23 graus Celsius em Lisboa, 21 no Porto, 33 em Faro, 26 no Funchal e 22 em Ponta Delgada.

Com Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.