sicnot

Perfil

País

Já há arguidos no processo do casal que teve relações sexuais junto a criança

A Polícia Judiciária de Braga informou hoje que "já há arguidos" no processo do casal filmado a praticar relações sexuais numa praia fluvial em Paredes de Coura na presença de uma criança.

O vídeo, publicado nas redes sociais, tem cerca de 10 minutos

O vídeo, publicado nas redes sociais, tem cerca de 10 minutos

A fonte da PJ escusou-se, no entanto, a adiantar quem são os arguidos.

"Já foram ouvidos alguns intervenientes, já foi analisado o vídeo entretanto publicado na internet e a investigação continua, com outras diligências", acrescentou.

A mulher apanhada na gravação vive em Guimarães, sendo a criança que se encontrava no local a sua filha mais nova, de seis anos.

Contactado pela Lusa, o presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Guimarães, Pedro Ivo Lobo, afirmou apenas que "os interesses das crianças serão sempre salvaguardados dentro do quadro legal, com o envolvimento das entidades competentes".

"De resto, há uma coisa chamada sigilo, que pode dar direito a um processo-crime a quem não a respeitar", acrescentou.

Alguma imprensa avançou que a criança foi retirada à mãe, mas Pedro Ivo Lobo escusou-se a confirmar ou desmentir essa informação.

De acordo com fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, "o caso ocorreu no sábado, na praia fluvial do Tabuão, em plena luz do dia e foi filmado por populares que divulgaram o vídeo das redes sociais".

Segundo aquela fonte, "o caso foi participado à GNR por uma pessoa de Sines que viu o vídeo nas redes sociais e ligou para o posto de Paredes de Coura".

"Comprovada a veracidade dos factos denunciados", e pelo facto de "conterem matéria criminal, a GNR levantou o auto de notícia e participou o caso à PJ, por envolver uma menor e por o vídeo ter sido divulgado na internet", adiantou à Lusa aquela fonte.

As imagens têm suscitado polémica nas redes sociais, pelo facto de a criança estar junto ao casal enquanto este, alegadamente, praticava relações sexuais.

Fonte da PJ disse à agência Lusa que o casal poderá incorrer num crime de abuso sexual de crianças.

Os autores do vídeo e da sua publicação na Internet, por sua vez, poderão ter de responder por crimes de devassa da vida privada e de gravações ou fotografias ilícitas.


Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.