sicnot

Perfil

País

CGD marca agenda do debate quinzenal de hoje com o PM

O debate quinzenal de hoje no parlamento com o primeiro-ministro é aberto pelo PCP, com as questões económicas e sociais na agenda, e numa altura em que a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD) marca a atualidade política.

TIAGO PETINGA

As questões políticas, económicas, sociais e relações internacionais são os temas gerais escolhidos pelos partidos para a discussão de hoje no parlamento com António Costa, num debate que a abertura está a cargo do PCP, seguindo-se PSD, PS, BE, CDS-PP, PEV e PAN.

O processo de recapitalização da CGD tem marcado a atualidade nos últimos dias, tendo António Costa afirmado na terça-feira que está quase concluído com a União Europeia o processo de recapitalização da CGD.

Na segunda-feira, o PSD, pela voz do deputado Duarte Pacheco, tinha exigido explicações ao Governo sobre as necessidades de capitalização da CGD e não excluiu a constituição de uma comissão parlamentar de inquérito, instrumento parlamentar defendido pelo comentador e ex-líder do PSD Luís Marques Mendes na SIC no domingo.

No mesmo dia, o presidente da bancada parlamentar social-democrata, Luís Montenegro, também desafiou António Costa para no debate quinzenal responder às 30 questões que o PSD enviou a António Costa sobre a CGD.

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, também criticou a atuação do Governo em relação à Caixa, considerando prioritário que o primeiro-ministro esclareça como vai ser capitalizada, posição defendida numa entrevista publicada na terça-feira no Jornal de Negócios.

Já o secretário-geral do PCP defendeu, também na terça-feira, a recapitalização do banco, mas "acompanhada do fortalecimento da atividade" da instituição, defendendo que aquele banco não deve existir para "tapar buracos" e sim para estar ao serviço da economia.

Na sexta-feira passada, a porta-voz do BE, Catarina Martins, tinha assumido que os bloquistas têm discordâncias quanto à Caixa com o Governo e que este vai ter que, "mais cedo do que tarde, explicar exatamente as contas" do banco, sendo prioritário garantir que "há uma recapitalização pública" da CGD.

Outro dos assuntos que tem marcado a discussão política dos últimos dias são as eventuais sanções a Portugal pela Comissão Europeia, não tendo o PSD e CDS-PP chegado a acordo com a esquerda na semana passada em torno de um texto comum a condenar esta aplicação, o que resultou na apresentação de dois votos de condenação distintos.

A greve dos estivadores, os contratos de associação e as sanções a Portugal marcaram a discussão no parlamento no último debate quinzenal, a 27 de maio, tendo a execução do Programa Nacional de Reformas sido o tema escolhido pelo Governo.

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.