sicnot

Perfil

País

Exames do secundário começam hoje com prova de Português

Cerca de 160 mil alunos realizam este ano os exames nacionais do ensino secundário, que começam hoje de manhã com as provas de Português.

© Marcelo del Pozo / Reuters

Para o exame de Português do 12.º ano, que vai estrear a nova temporada de provas, estão inscritos 75.564 estudantes, mais do que em 2015, quando eram 72.986.

O aumento de inscritos a Português não é exceção, segundo dados provisórios do Ministério da Educação (ME), que revelam que este ano há, no total, mais alunos inscritos e que estes são mais novos.

O número de inscritos para os exames do secundário agendados para este mês é de 160.018, quase mais três mil estudantes do que no ano passado, quando se inscreveram 157.264.

Ao todo serão feitos 347.282 exames, aproximadamente mais 7.500 do que no ano anterior.

Os alunos que este ano se inscreveram nestas provas têm, em média, 17 anos (17,41 anos) e a maioria (55%) são raparigas.

Português é uma das disciplinas onde se verifica um aumento de inscritos em relação a 2015, assim como Inglês, Filosofia, História A, Geografia A, Biologia e Geologia.

Já a Matemática A, do 12.º ano, e Física e Química A, do 11.º ano, inscreveram-se menos estudantes, o que poderá significar menos candidatos a cursos nas áreas das tecnologias e engenharias.

A primeira fase dos exames termina a 27 de junho com as provas de Geometria Descritiva A e Literatura Portuguesa.

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.