sicnot

Perfil

País

Secretariado Nacional do PS com 10 novos membros e nenhum deles é do Governo

A lista para o Secretariado Nacional do PS proposta pelo líder socialista, António Costa, apresenta dez novos nomes num total de 15 e nenhum deles é membro do Governo, disse hoje à agência Lusa fonte partidária.

TIAGO PETINGA

O Secretariado Nacional do PS é o órgão de direção deste partido, liderado por António Costa e pela sua adjunta Ana Catarina Mendes, e é hoje eleito na primeira reunião da Comissão Nacional após o congresso socialista, que se realizou entre 03 e 5 de junho na FIL (Feira Internacional de Lisboa).

"Esta lista representa uma grande renovação, mostra a unidade no PS e segue a linha de que há partido para além do Governo", disse à agência Lusa fonte da direção dos socialistas.

Entre os novos nomes estão o presidente da Câmara de Gaia, Vítor Hugo Rodrigues, o professor universitário Pena Pires, e o deputado (ex-membro da direções António José Seguro) Eurico Brilhante Dias.

Entram também no órgão de direção de António Costa o deputado Filipe Neto Brandão (Aveiro), o advogado José Manuel Mesquita, o membro do Governo Regional dos Açores Francisco César, o antigo líder da JS (e ex-alto comissário para as migrações) José Leitão, o ex-líder do PS/Viseu João Azevedo e a psicóloga e mestre em medicina Susana Ramos.

Mantêm-se na direção do PS o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, a sindicalista e deputada Wanda Guimarães, a ex-governadora civil de Faro Isilda Gomes e a deputada Maria Luz Rosinha e a autarca da Amadora Carla Tavares.

Saem do Secretariado Nacional do PS elementos como Bernardo Trindade, os secretários de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, e da Administração Interna, Jorge Gomes, assim como o deputado Sérgio Sousa Pinto.

Abandonam também este órgão a secretária de Estado Graça Fonseca, o constitucionalista Pedro Bacelar, o vereador da Câmara do Porto Manuel Pizarro e a autarca de Abrantes Maria do Céu Albuquerque.

Têm inerência no Secretariado Nacional do PS o presidente do Grupo Parlamentar, Carlos César, o diretor do gabinete de estudos, João Tiago Silveira, e a diretora do Ação Socialista, Edite Estrela.

Entre os inerentes da direção do PS estão ainda o líder da JS, João Torres, e a presidente do Departamento Nacional de Mulheres Socialistas, Elza Pais.

Como secretário nacional adjunto foi colocado Hélder Guerreiro, que é vice-presidente da Câmara Municipal de Odemira.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.