sicnot

Perfil

País

Adiado julgamento de homem acusado de matar mulher em Tarouca

O Tribunal de Viseu adiou o início do julgamento de um homem acusado de ter matado uma mulher a tiro no concelho de Tarouca, em 2015, devido a divergências relacionadas com restaurantes que ambos exploravam.

Questionado do porquê de tentar matar as duas filhas, o arguido sublinhou que o objetivo era "acabar com o sofrimento" de ficarem sem mãe, tendo dito às próprias filhas que "não ia ficar ninguém". (Arquivo)

Questionado do porquê de tentar matar as duas filhas, o arguido sublinhou que o objetivo era "acabar com o sofrimento" de ficarem sem mãe, tendo dito às próprias filhas que "não ia ficar ninguém". (Arquivo)

SIC

O julgamento devia começar hoje à tarde, mas foi adiado para data ainda desconhecida na sequência de um pedido de perícias, justificou aos jornalistas um funcionário judicial.

O homem -- taxista de profissão, atualmente com 53 anos - está acusado de dois crimes de homicídio qualificado, um consumado, outro na forma tentada.

Segundo o despacho de acusação do Ministério Público (MP), o arguido e a vítima exploravam, cada um, estabelecimentos de restauração situados lado a lado, na freguesia de São João de Tarouca.

"Cada um destes estabelecimentos tinha uma esplanada própria, havendo divergências antigas entre o arguido e Leonilde Almeida quanto ao espaço exterior e passagem para cada um dos estabelecimentos", refere a acusação.

Na tarde de 6 de outubro de 2015 já tinha havido "troca de palavras" entre a esposa do arguido, a vítima e o ex-companheiro desta.

"Na sequência destas altercações, o arguido mandou instalar um pequeno varandim em madeira com o objetivo de separar o logradouro das esplanadas entre os referidos estabelecimentos de restauração", relata ao MP.

Ao ver o início da construção desta estrutura, a vítima pediu ao ex-companheiro que se deslocasse novamente àquele local, pois entendia que a divisória impedia a passagem das pessoas para o seu estabelecimento.

Chegado ao local, o ex-companheiro da vítima, munido de um objeto em ferro, "começou a desferir pancadas no varandim que se encontrava ainda a ser instalado, a fim de o destruir".

Perante a situação, arguido e esposa "insurgiram-se" e "envolveram-se numa troca de palavras e agressões físicas" com José Delmar.

Ao constatar este cenário, a vítima acorreu ao local e tentou encaminhar o ex-companheiro para o interior do seu restaurante.

"Nessa ocasião, o arguido Benjamim Silva retirou do bolso das calças a arma de fogo, uma semiautomática de calibre de 6.35 milímetros, colocou o carregador carregado com munições e, apontando-a na direção de José Delmar e Leonilde Almeida, que se encontravam a cerca de 3/4 metros de si, disparou por 3/4 vezes, tendo atingido Leonilde com, pelo menos, um disparo", descreve o MP.

Segundo a acusação, o homem detinha licença de uso e porte de arma, emitida pela PSP, acrescentando que o arguido transportava, habitualmente, a pistola no porta-luvas do táxi, e que a levava para casa no final do serviço.

A mulher morreu na sequência das várias lesões provocadas pelo disparo do arguido que a atingiu na zona do peito, e que, segundo o MP, "foram causa direta e necessária" da sua morte.

No momento em que o ex-companheiro imobilizou o arguido contra um muro, este ainda efetuou outros dois disparos na sua direção.


Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.