sicnot

Perfil

País

António Costa reúne-se amanhã com o primeiro-ministro francês em Paris

O primeiro-ministro reúne-se no sábado com o seu homólogo francês, Manuel Valls, em Paris, oito dias após ter sido recebido pelo chefe de Estado francês, François Hollande, juntamente com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

ETIENNE LAURENT /EPA

A reunião com o primeiro-ministro francês ocorrerá também dois dias antes de António Costa receber em São Bento o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Na agenda deste regresso de António Costa a Paris estão ainda a inauguração a meio da tarde do "Espaço do Cidadão" para prestação de serviços públicos online e, pelas 21:00 locais, a presença no jogo do Euro2016 da seleção nacional portuguesa de futebol com a Áustria.

Na semana passada, no âmbito das comemorações do Dia de Portugal e das Comunidades, em Paris, o primeiro-ministro e o Presidente da República foram recebidos por François Hollande no Palácio do Eliseu, e o chefe de Estado francês participou ainda com António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa numa sessão realizada na Câmara de Paris em que se procedeu à condecoração de seis portugueses que ajudaram no auxílio às vítimas dos atentados de 13 de novembro passado.

François Hollande defendeu então a linha política e económica seguida por Portugal no âmbito da União Europeia, palavras que o primeiro-ministro português considerou serem de apoio ao país contra eventuais sanções europeias.

"As escolhas que vocês fizeram são escolhas que estão conforme as regras europeias e que são igualmente convergentes com as escolhas que nós fizemos em França. Devemos respeitar as regras, mas deve haver flexibilidade, para que Portugal, como a França, possam criar mais emprego e criar medidas de progresso social, ao mesmo tempo que saneiam as contas públicas, como vocês estão a fazer", declarou o Presidente francês.

Virando-se para o primeiro-ministro português, François Hollande concluiu: "Portanto, saiba que não tem simplesmente um parceiro no Conselho Europeu, mas um amigo, que é a França".

Após o encontro com Manuel Valls, ao fim da manhã, no Palácio do Matignon, que deverá versar temas europeus e as relações bilaterais entre os dois países, António Costa desloca-se ao Consulado Geral de Portugal em Paris para inaugurar o "Espaço Cidadão" - cerimónia em que estarão presentes os secretários de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca.

Segundo o Governo, o "Espaço Cidadão", uma medida no âmbito do programa "Simplex", vai prestar diretamente serviços por via eletrónica a uma comunidade de 900 mil portugueses residentes na capital francesa.

Na primeira fase de funcionamento, no total, serão disponibilizados "60 serviços gratuitos", designadamente o pedido de alteração de morada, a consulta número de beneficiário, o pedido do Cartão Europeu do Seguro de Doença e o serviço de Segurança Social Direta.

Por este serviço online poderá igualmente proceder-se a pedidos de prestações por morte, de reembolso de despesas de funeral, de subsídio de funeral, assim como certidões diversas como as paroquiais.

Numa segunda fase, de acordo com o Governo, poderão também vir a ser praticados outros serviços como, por exemplo, registo criminal e renovação da carta de condução.

Lusa

  • António Costa reconhece a importância dos emigrantes em França
    1:20

    País

    António Costa diz que de uma vez por todas Portugal quer reconhecer a importância dos emigrantes que engrandeceram o nome do país pelo mundo. No discurso desta manhã, em França, o primeiro ministro comparou a dificuldade da luta dos emigrantes em Paris às viagens dos descobrimentos.

  • Marcelo e Costa em Paris no 10 de junho
    2:01

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa continua a marcar pela diferença. O seu 10 de junho foi nacional e internacional. Depois das comemorações em Lisboa, Presidente e primeiro-ministro rumaram a Paris para um encontro com François Hollande. Ao presidente francês explicaram os esforços que o país fez para corrigir o défice e, por isso, contam com França para evitar sanções. Em cima da mesa esteve também a candidatura de António Guterres às Nações Unidas.

  • Portugal e França vão reforçar as relações económicas
    1:33

    Economia

    António Costa está hoje em Paris, onde se encontrou esta manhã com o homólogo francês. Falaram do reforço da parceria económica e da boa relação entre Portugal e França que, segundo Manuel Valls, só poderia ser emsombrada por um encontro entre os dois países na final do europeu de futebol.

  • Enfermeiros dizem que suplemento de 150 € não é suficiente para acordo
    0:57

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros diz que há um avanço nas negociações com o Governo. Esta terça-feira à tarde, uma delegação do Ministério das Finanças esteve numa reunião que decorreu no Ministério da Saúde. Apesar disso, o presidente do sindicato, José Azevedo, explicou à SIC que a proposta do executivo de pagar mais 150 euros aos enfermeiros especializados não é suficiente para chegarem a acordo.

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC