sicnot

Perfil

País

CPCJ vai acompanhar de perto família da mãe que atirou filho ao rio

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Barcelos vai acompanhar "de perto" a situação da família do menino de seis anos, que foi lançado ao rio pela mãe, disse hoje à agência Lusa a presidente daquele organismo.

HUGO DELGADO

Anabela Pimenta adiantou que aquela mãe tem um outro filho, de dois anos, cuja situação será alvo de acompanhamento "atento", por parte da CPCJ. Disse ainda que aquela família "não estava sinalizada".

"A situação da criança [de dois anos] está, por agora, salvaguardada, junto da família alargada", acrescentou.

Uma mulher de 37 anos atirou-se na sexta-feira da ponte de Rio Covo, Santa Eugénia, em Barcelos, com um filho ao colo.

Pouco depois, a mulher foi resgatada da água por um popular, que, para o efeito, utilizou o seu barco.

Foi transportada para o Hospital de Braga, onde se encontra "estável" e continua sob vigilância clínica.

O menino morreu, tendo o corpo sido resgatado, hoje, do rio.

Alguma imprensa refere hoje que a mãe já teria tentado, há cerca de uma semana, um suicídio com os dois filhos, na ponte medieval de Barcelos.

A presidente da comissão, Anabela Pimenta, disse à agência Lusa que a CPCJ "não teve conhecimento" dessa suposta tentativa.

Na sexta-feira, o Ministério Público (MP) adiantou que, em relação à criança que morreu, não estava pendente ou arquivado qualquer processo de natureza tutelar cível ou de promoção e protecção, quer no tribunal, quer na CPCJ de Barcelos.

O Ministério Público já determinou a abertura de um inquérito, estando a mulher indiciada por um crime de homicídio qualificado.

Lusa

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.