sicnot

Perfil

País

Cadáver de homem encontrado a boiar junto à zona ribeirinha de Ponte de Sor

O cadáver de um homem foi encontrado hoje a boiar na ribeira de Sor, junto à zona ribeirinha de Ponte de Sor, distrito de Portalegre, disseram à agência Lusa fontes dos bombeiros e da GNR.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre adiantou que o cadáver, que apresentava "alguns sinais de decomposição", foi encontrado por duas crianças, tendo o alerta sido dado por volta das 15:30.

Segundo fonte da GNR, o cadáver é de um homem de 19 anos, de nacionalidade romena, cujos objetos pessoais, como uma camisola, sapatos e chaves, foram encontrados há três ou quatro dias atrás perto do local onde foi encontrado.

A mesma fonte referiu que não existia alerta de desaparecimento do homem, acrescentando que o corpo já foi reconhecido por amigos dos familiares.

A fonte do CDOS de Portalegre indicou que o cadáver foi retirado da água por elementos da equipa de mergulho dos bombeiros de Ponte de Sor, tendo sido transportado para a morgue do hospital de Abrantes, onde deverá ser autopsiado.

As autoridades desconhecem ainda as razões da morte, estando a investigação a cargo da Polícia Judiciária.

Lusa

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.