sicnot

Perfil

País

Cadáver de homem encontrado a boiar junto à zona ribeirinha de Ponte de Sor

O cadáver de um homem foi encontrado hoje a boiar na ribeira de Sor, junto à zona ribeirinha de Ponte de Sor, distrito de Portalegre, disseram à agência Lusa fontes dos bombeiros e da GNR.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre adiantou que o cadáver, que apresentava "alguns sinais de decomposição", foi encontrado por duas crianças, tendo o alerta sido dado por volta das 15:30.

Segundo fonte da GNR, o cadáver é de um homem de 19 anos, de nacionalidade romena, cujos objetos pessoais, como uma camisola, sapatos e chaves, foram encontrados há três ou quatro dias atrás perto do local onde foi encontrado.

A mesma fonte referiu que não existia alerta de desaparecimento do homem, acrescentando que o corpo já foi reconhecido por amigos dos familiares.

A fonte do CDOS de Portalegre indicou que o cadáver foi retirado da água por elementos da equipa de mergulho dos bombeiros de Ponte de Sor, tendo sido transportado para a morgue do hospital de Abrantes, onde deverá ser autopsiado.

As autoridades desconhecem ainda as razões da morte, estando a investigação a cargo da Polícia Judiciária.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.