sicnot

Perfil

País

Antiga ministra critica no Twitter cobertura das manifestações das escolas feita pelo Público

A antiga ministra da Cultura e deputada do PS, Gabriela Canavilhas, defende a demissão de uma jornalista do Público. Sobre a cobertura feita pelo jornal sobre as manifestações das escolas, Gabriela Canavilhas partilhou no Twitter o link do artigo da jornalista Clara Viana com uma pergunta "Esta jornalista ainda não foi despedida por escrever factos falsos?". A questão diz respeito aos números: a organização apontou 80 mil e o Público escreveu 15 mil. Mais tarde, Gabriela Canavilhas voltou a escreveu no Twitter sobre o caso dizendo que "reportagem e opinião não são a mesma coisa".

lusa

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16