sicnot

Perfil

País

Inspeções periódicas às motas com cilindrada superior a 250cc deverão entrar em vigor em outubro

Inspeções periódicas às motas com cilindrada superior a 250cc deverão entrar em vigor em outubro

Os motociclistas manifestaram-se, este domingo, em cinco cidades do país: Porto, Castelo Branco, Faro, Funchal e Lisboa. Em causa está a intenção do Governo em alargar a inspeção obrigatória a motos com cilindrada superior a 250 centímetros cúbicos, uma medida que poderá entrar em vigor no próximo mês de outubro. Segundo o manifesto, os motociclistas não estão contra as inspeções, mas consideram que o objetivo é apenas económico. Em Lisboa, a ação terminou junto ao Parlamento, onde foi entregue um manifesto a pedir apoio aos deputados. António Manuel, presidente do Grupo de Ação de Motociclistas, diz que a lei das inspeções obrigatórias deveria trazer mais-valias ao motociclismo e que não se justifica o investimento.

  • Motociclistas manifestam-se hoje contra alargamento das inspeções obrigatórias
    0:58

    País

    Os motociclistas vão manifestar-se esta tarde em cinco cidades do país, contra o alargamento das inspeções periódicas obrigatórias às motos. No Parlamento vai ser entregue um manifesto a pedir apoio aos deputados. Os motociclistas dizem que a medida vai retirar da estrada todas as motos personalizadas ou alteradas. A manifestação, organizada pelo Grupo de Ação Motociclista, vai realizar-se no Porto, Castelo Branco, Faro, Funchal e Lisboa.

  • Dados do défice e do PIB confirmam crescimento económico
    1:37
  • A Catalunha "está farta da prepotência e dos abusos do governo"
    0:30
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Família Portugal Ramos
    15:01