sicnot

Perfil

País

Mais de 40 pessoas detidas durante a noite pela GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 43 pessoas, durante a noite e madrugada, a maioria por conduzir sob efeito de álcool, mas também por tráfico de droga e posse de arma, foi hoje anunciado.

Em comunicado, dando conta da sua atividade operacional nas últimas 12 horas, a GNR divulgou um conjunto de operações que efetuou entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje por todo o país, com vista a prevenir e combater a criminalidade violenta, bem como fiscalizar a circulação rodoviária.

Neste âmbito, foram detidas 43 pessoas em "flagrante delito", entre as quais 28 por condução sob o efeito do álcool, quatro por condução sem habilitação legal, três por tráfico de estupefacientes e duas por posse de arma proibida.

Entre as apreensões feitas pela GNR nesta operação, contam-se 88 doses de haxixe, 88 gramas de folhas de canábis, 38 comprimidos de LSD, seis doses de heroína, duas armas brancas e uma arma de fogo.

No que respeita à fiscalização rodoviária, a GNR detetou 505 infrações, entre as quais 77 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 49 por excesso de velocidade, 30 por falta de cinto de segurança ou sistema de retenção para crianças, 11 por falta de seguro obrigatório, nove por uso do telemóvel durante a condução e três por infrações relacionadas com tacógrafos.

Relativamente à sinistralidade, foram registados 81 acidentes de viação, dos quais resultaram dois mortos, dois feridos graves e 14 feridos ligeiros.


Lusa

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.