sicnot

Perfil

País

Autarca de Estremoz condenado a 2,8 anos de prisão por crime de prevaricação

O presidente da Câmara Municipal de Estremoz foi esta tarde condenado a pena de prisão suspensa de dois anos e oito meses pelo crime de prevaricação de titular de cargo político.

O Tribunal de Estremoz aplicou ainda uma pena acessória de perda de mandato a Luís Mourinha.


O caso remonta a 2010, ano em que o autarca não entregou algumas tranches de um subsídio à Liga dos Amigos do Castelo de Evoramonte. a quem terá agora de entregar cerca de cinco mil euros por danos patrimoniais.


A defesa vai recorrer da decisão para o Tribunal da Relação de Évora.

  • Mais de 1600 fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado fez mais de 1600 ações de fiscalização a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público. Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.