sicnot

Perfil

País

CDS-PP interpela Governo sobre políticas de saúde na quinta-feira

O CDS-PP vai interpelar o Governo no parlamento sobre políticas de saúde, argumentando que se aproxima uma época crítica na resposta do sistema de saúde e que ainda não foi feito um balanço a ação governativa nesta área.

TIAGO PETINGA

"Estamos a aproximar-nos de uma época que infelizmente tradicionalmente é crítica na resposta do sistema de saúde e importa fazer o balanço daquilo que está bem e daquilo que não está bem", afirmou à Lusa o líder parlamentar, Nuno Magalhães.

Os centristas prosseguem assim a senda dos temas que consideram interessar ao quotidiano dos portugueses, depois da educação, demografia, e envelhecimento ativo, apontou o presidente da bancada do CDS.

"Queremos ao mesmo tempo projetar o futuro, nomeadamente, a questão da sustentabilidade da ADSE, perceber o que foi feito, o que não foi feito, o que foi prometido, nos cuidados primários, cuidados continuados e paliativos, numa lógica construtiva de apresentar propostas", disse.

Questionado sobre a proposta que os centristas estão a preparar para a ADSE, que vem da moção da líder, Assunção Cristas, ao Congresso, Nuno Magalhães não quis adiantar o conteúdo, sublinhando apenas a pertinência do tema.

"A presidente do CDS, e muito bem, no Congresso lançou esse tema e os factos têm-lhe dado razão. Um recente relatório do Tribunal de Contas veio alertar para a dificuldade ou da insustentabilidade do próprio sistema", disse.

Lusa

  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • E agora?
    15:07
  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.