sicnot

Perfil

País

CDS-PP interpela Governo sobre políticas de saúde na quinta-feira

O CDS-PP vai interpelar o Governo no parlamento sobre políticas de saúde, argumentando que se aproxima uma época crítica na resposta do sistema de saúde e que ainda não foi feito um balanço a ação governativa nesta área.

TIAGO PETINGA

"Estamos a aproximar-nos de uma época que infelizmente tradicionalmente é crítica na resposta do sistema de saúde e importa fazer o balanço daquilo que está bem e daquilo que não está bem", afirmou à Lusa o líder parlamentar, Nuno Magalhães.

Os centristas prosseguem assim a senda dos temas que consideram interessar ao quotidiano dos portugueses, depois da educação, demografia, e envelhecimento ativo, apontou o presidente da bancada do CDS.

"Queremos ao mesmo tempo projetar o futuro, nomeadamente, a questão da sustentabilidade da ADSE, perceber o que foi feito, o que não foi feito, o que foi prometido, nos cuidados primários, cuidados continuados e paliativos, numa lógica construtiva de apresentar propostas", disse.

Questionado sobre a proposta que os centristas estão a preparar para a ADSE, que vem da moção da líder, Assunção Cristas, ao Congresso, Nuno Magalhães não quis adiantar o conteúdo, sublinhando apenas a pertinência do tema.

"A presidente do CDS, e muito bem, no Congresso lançou esse tema e os factos têm-lhe dado razão. Um recente relatório do Tribunal de Contas veio alertar para a dificuldade ou da insustentabilidade do próprio sistema", disse.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21