sicnot

Perfil

País

Mário Machado sai em liberdade condicional na quarta-feira

O ex-dirigente da Frente Nacional Mário Machado vai sair em liberdade condicional na quarta-feira, mas horas depois ouve a sentença num outro processo em que é pedida a sua prisão preventiva, revelou hoje o advogado.

Em declarações à agência Lusa, José Manuel Castro classificou de "espantosa coincidência" o facto de Mário Machado poder sair em liberdade condicional, porque já cumpriu 5/6 de uma pena de 10 anos de prisão, e horas depois tenha que ouvir, em Lisboa, a sentença de um tribunal coletivo sobre uma alegada tentativa de extorsão, em que o Ministério Público pede a sua prisão preventiva.

José Manuel Castro admite que, com isto, se tente evitar que Mário Machado possa ficar em liberdade condicional, apesar de já ter cumprido uma longa pena de cadeia.

Mário Machado, apontado como fundador do grupo Hammerskins Portugal, está atualmente preso na cadeia de Alcoentre e tem ordem para sair em liberdade condicional na manhã de quarta-feira.

Anteriormente, Mário Machado viu negado pelo Tribunal de Execução de Penas o pedido de liberdade condicional, mas chegou a beneficiar de saídas precárias antes de ser acusado de tentativa de extorsão, a partir da prisão, a um antigo cúmplice.

Em 2012, o Tribunal Criminal de Loures fixou em 10 anos o cúmulo jurídico das penas de prisão aplicadas a Mário Machado, tendo para o cúmulo sido consideradas condenações relacionadas com discriminação racial, coação agravada, posse ilegal de arma e ofensa à integridade física qualificada, entre outros ilícitos.

Lusa

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira