sicnot

Perfil

País

Mário Machado já não sai em liberdade condicional amanhã

O ex-dirigente da Frente Nacional Mário Machado foi hoje notificado de que fica em prisão preventiva no processo em que é acusado de tentativa de extorsão, pelo que já não será libertado na quarta-feira, disse à Lusa o seu advogado.

Mário Machado, líder da secção portuguesa skinhead Hammerskin (SIC/ Arquivo)

Mário Machado, líder da secção portuguesa skinhead Hammerskin (SIC/ Arquivo)

José Manuel Castro referiu que foi notificado hoje de manhã pelo tribunal criminal de Lisboa de que a juíza de julgamento decretou a prisão preventiva de Mário Machado, medida que, na prática, inviabiliza que o ex-dirigente da Frente Nacional saia em liberdade condicional na quarta-feira, conforme estava previsto, após cumprir 5/6 de uma pena de 10 anos de prisão, em cúmulo jurídico.

O advogado considerou uma "coincidência" que a medida de prisão preventiva tivesse sido aplicada a Mário Machado na véspera da data para este sair em liberdade condicional e quando a sentença do caso de alegada tentativa de extorsão está marcada para quarta-feira à tarde.

No entender de José Manuel Castro, esta "sucessão de acontecimentos" e o timing escolhido visam eternizar a prisão de Mário Machado, que se encontra detido na cadeia de Alcoentre.

Mário Machado, apontado como fundador do grupo Hammerskins Portugal, vai estar presente na quarta-feira à tarde na Instância Central Criminal de Lisboa para ouvir o acórdão relativo ao caso de alegada tentativa de extorsão, a partir da cadeia, a um antigo cúmplice e sua mulher.

O arguido rejeita os factos da acusação do Ministério Público, que foi quem promoveu o pedido para que ficasse em liberdade preventiva antes de ser conhecida a sentença.

Em 2012, o Tribunal Criminal de Loures fixou em 10 anos o cúmulo jurídico das penas de prisão aplicadas a Mário Machado, tendo para o cúmulo sido consideradas condenações relacionadas com discriminação racial, coação agravada, posse ilegal de arma e ofensa à integridade física qualificada, entre outros ilícitos. Foi desta pena que o arguido cumpriu 5/6, que lhe garantiram a liberdade condicional.

Lusa

  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52