sicnot

Perfil

País

Desbloqueada situação de carreira de 299 oficiais de justiça

O Ministério da Justiça (MJ) anunciou hoje que desbloqueou a situação de 299 oficiais de justiça, que se encontravam a desempenhar funções de chefia, mas cujas promoções nas carreiras estavam vedadas, devido às medidas de consolidação das contas públicas.

SIC

"O MJ conseguiu obter, junto do Ministério das Finanças, autorização para promover estes profissionais às categorias de escrivão de direito e de técnico de justiça principal, considerando que as mudanças de categoria não acarretam qualquer acréscimo da despesa, e apenas visam legitimar o exercício de funções de chefia de forma justa, e respeitando os critérios estatutários fixados", refere o MJ, em comunicado hoje divulgado.

Segundo o MJ, apesar da impossibilidade de promoções nas carreiras de pessoal oficial de justiça estar inscrita na lei do Orçamento do Estado, as funções de chefia nestas carreiras não puderam deixar de ser exercidas por corresponderem a funções de direção, coordenação, supervisão e execução de atividades desenvolvidas no tribunal, sob pena de ocorrer uma paralisação nos serviços.

"Perante a impossibilidade de serem promovidos, estes oficiais de justiça foram designados em regime de substituição, sem qualquer acréscimo de remuneração. No entanto, por sentença do Tribunal Arbitral, proferida em 2011, o Ministério da Justiça foi condenado a reconhecer o direito destes oficiais de justiça serem remunerados de acordo com os cargos efetivamente exercidos. Dado que as remunerações já estavam a ser processadas em conformidade, trata-se apenas de regularizar a referida situação", conclui o MJ.

Contactado pela agência Lusa, o presidente do Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ), Fernando Jorge, manifestou "enorme satisfação" pela medida adotada, e pelo facto de o Ministério da Justiça "ter cumprido aquilo a que se tinha comprometido", com o seu sindicato.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.