sicnot

Perfil

País

Mais espaço e mais festa nos 40 anos da "Festa do Avante"

A organização da "Festa do Avante!", organizada pelo Partido Comunista Português (PCP), anunciou o cartaz da edição deste ano, que contará com mais espaço e promete "mais festa".

JOSE SENA GOULAO

"Mais espaço, mais festa" é precisamente um dos motes da edição deste ano da "Festa do Avante!", que decorrerá pela 40.ª vez numa edição marcada pela incorporação no seu espaço da Quinta do Cabo, lado a lado da Quinta da Atalaia (concelho do Seixal), onde decorre o evento.

A edição deste ano foi hoje apresentada em Lisboa por Ruben de Carvalho, membro do Comité Central do PCP, e o cartaz integra artistas de vários géneros: dos Xutos & Pontapés aos UHF, passando pelo espetáculo Juntos (que une Sérgio Godinho a Jorge Palma) e com passagem também no fado, com concertos agendados de nomes como Ana Moura, Kátia Guerreiro ou Cristina Branco.

Diabo na Cruz, Carlão (com Sam the Kid e Sara Tavares), Dillaz, Jáfumega, Miss Lava, Fast Eddie Nelson, Peste & Sida e Marta Ren são alguns outros nomes confirmados no evento.

Para além da música, a "Festa do Avante" integrará também espetáculos teatrais, uma "atenção especial para as crianças" com várias atividades e espaços, uma área ligada à ciência, e artes plásticas, desporto e gastronomia integrarão também a festa, que se dirige, sustenta Ruben Carvalho, a "gente de todas as idades".

A festa realiza-se dias 2, 3 e 4 de setembro, e a edição de hoje do jornal Avante!, órgão oficial do PCP, consiste numa edição especial ligada à festa.

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.