sicnot

Perfil

País

BE está a discutir com o Governo aumentos nos salários e pensões para o próximo ano

EXCLUSIVO SIC

BE está a discutir com o Governo aumentos nos salários e pensões para o próximo ano

O Bloco de Esquerda quer aumentos reais de salários e pensões já no próximo ano e vai negociar isso mesmo com o Governo na preparação do Orçamento do Estado para 2017. Na antevisão da Convenção do partido que decorre este fim de semana em Lisboa, Catarina Martins avisa que as conquistas feitas até agora não chegam.

  • BE não dá para já qualquer aval ao plano de recapitalização da CGD
    1:13

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda (BE) vai exigir ao Governo explicações sobre as rescisões amigáveis que estão previstas para a Caixa Geral de Depósitos. Bloco e PCP foram informados esta semana do plano de recapitalização do banco mas nenhum dos partidos apoia para já esse plano. Em entrevista exclusiva à SIC, Catarina Martins diz que não só não deu o aval como quer conhecer melhor a realidade dos números para se pronunciar.

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.