sicnot

Perfil

País

BE está a discutir com o Governo aumentos nos salários e pensões para o próximo ano

EXCLUSIVO SIC

BE está a discutir com o Governo aumentos nos salários e pensões para o próximo ano

O Bloco de Esquerda quer aumentos reais de salários e pensões já no próximo ano e vai negociar isso mesmo com o Governo na preparação do Orçamento do Estado para 2017. Na antevisão da Convenção do partido que decorre este fim de semana em Lisboa, Catarina Martins avisa que as conquistas feitas até agora não chegam.

  • BE não dá para já qualquer aval ao plano de recapitalização da CGD
    1:13

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda (BE) vai exigir ao Governo explicações sobre as rescisões amigáveis que estão previstas para a Caixa Geral de Depósitos. Bloco e PCP foram informados esta semana do plano de recapitalização do banco mas nenhum dos partidos apoia para já esse plano. Em entrevista exclusiva à SIC, Catarina Martins diz que não só não deu o aval como quer conhecer melhor a realidade dos números para se pronunciar.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.