sicnot

Perfil

País

Risco muito elevado de incêndio em 27 concelhos

Mais de 20 concelhos dos distritos de Bragança, Guarda, Leiria, Castelo Branco e Santarém estão hoje em risco muito elevado de incêndio, o segundo mais grave, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

MIGUEL PEREIRA DA SILVA

Segundo as informações disponibilizadas no site do IPMA, estão em risco muito elevado de incêndio os concelhos de Vimioso, Moncorvo, Freixo de Espada a Cinta e Alfândega da Fé (Bragança), Sernancelhe e Moimenta da Beira (Viseu), Figueira de Castelo Rodrigo, Almeida, Pinhel, Sabugal, Guarda, Tranciso, Celorico da Beira, Fornos de Algodres e Aguiar da Beira (Guarda).

Estão igualmente com risco muito elevado de incêndio os concelhos de Belmonte, Covilhã, Penamacor, Fundão, Idanha-a-Nova, Castelo Branco, Oleiros, Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova e Vila de Rei (Castelo Branco) e Mação e Sardoal (Santarém).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia, relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Quanto ao estado do tempo, o IPMA prevê para hoje uma peuena subida de temperatura mínima nas regiões do litoral Norte da temperatura máxima nas regiões do litoral Norte e Centro e na região Sul.

O céu vai estar pouco nublado ou limpo, aumentando temporariamente de nebulosidade nas regiões do interior Centro e Sul durante a tarde.

Quanto a temperaturas, a máxima será de 35.º e vai registar-se em Évora.

Lisboa chegará aos 30.º, Porto aos 28.º e Faro aos 27.º.

Com Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52