sicnot

Perfil

País

Governo quer atrair mais 20 mil jovens para o ensino superior

O ministro do Ensino Superior afirmou hoje que o Governo pretende atrair mais 20 mil estudantes para o ensino superior, nível de ensino frequentado por um em cada três jovens de 20 anos.

(arquivo)

(arquivo)

ASSOCIATED PRESS

"Portugal não tem instituições a mais, tem estudantes a menos. É verdade que nos últimos 20 anos crescemos muito, mas ainda só temos cerca de um em cada três jovens de 20 anos no ensino superior", afirmou Manuel Heitor, nas jornadas parlamentares do Partido Socialista que decorrem em Ponta Delgada, nos Açores.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior declarou que o executivo liderado por António Costa está a "promover o ensino politécnico de uma forma que possa, efetivamente, alargar a base social do ensino superior".

Segundo o governante, o objetivo é, "no prazo desta legislatura, atrair mais 20 mil jovens para o ensino superior" e, por isso, consagrando, "também, as formações curtas de âmbito superior, à semelhança do que muitas outras zonas na Europa já o tinham feito".

Questionado pelos jornalistas de que forma o Governo vai alcançar aquela meta, Manuel Heitor salientou que o principal "desafio é garantir que todos aqueles miúdos e jovens que aos 15 anos optam pelo ensino profissional podem também vir a seguir uma via do ensino superior".

"Nós hoje temos muitos jovens que abandonam os estudos após o ensino profissional", declarou, considerando que é aqui que se tem de "tentar atrair e mostrar que estudar vale a pena".

O ministro acrescentou estar em curso uma decisão do Conselho de Ministros, após uma audição com o Conselho de Reitores e com todos os politécnicos, para garantir que "os cursos técnicos superiores profissionais são diplomas de ensino superior e, assim, também, facilitar a mobilidade social através do ensino superior, sobretudo via os cursos técnicos superiores profissionais".

As jornadas parlamentares do PS, que se realizam no Teatro Micaelense, têm como tema "Autonomia, fator de desenvolvimento".

Lusa

  • Défice cai 1.900 milhões até agosto

    Economia

    O défice das administrações públicas foi de 2.034 milhões de euros até agosto, uma "melhoria de 1.901 milhões" face ao mesmo período de 2016, segundo o Governo, que justifica com aumento superior a 4% da receita.

  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Criar galinhas na cozinha, guerras no fogão, e drones dentro de casa
    7:28
  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.