sicnot

Perfil

País

"Corro o risco de ser loucamente apegado à ideia do afeto"

O Presidente da República considerou hoje que se arrisca a "ser loucamente apegado à ideia do afeto", depois de ouvir Balsemão falar na "loucura" dos tempos da formação do Expresso e apontá-lo como "um inovador".

PAULO NOVAIS

Marcelo Rebelo de Sousa e o presidente do grupo Impresa, Francisco Pinto Balsemão, estiveram hoje juntos no Palácio da Ajuda, em Lisboa, durante cerca de duas horas, numa iniciativa da SIC Notícias, do Expresso e da Nos, designada "Círculo de Inovação".

A propósito da inovação, Francisco Pinto Balsemão recordou "o arranque em 1973 do projeto do jornal Expresso, em cujo desenvolvimento o então jovem licenciado Marcelo Rebelo de Sousa tanto participou, e no qual desempenhou um papel relevante naqueles tempos já distantes".

Segundo o antigo primeiro-ministro, aqueles foram tempos "de muita necessidade de inovação, de muita criatividade na construção de um produto, que necessitava de algum grau de loucura".

"Loucura, que é uma palavra que ainda não ouvi aqui hoje, mas que me parece apropriada quando se fala de inovação. E no nosso caso concreto, de luta inovadora também contra a censura", prosseguiu.

Terminado o seu discurso, Francisco Pinto Balsemão deu a palavra a "um inovador chamado professor doutor Marcelo Rebelo de Sousa", e o Presidente da República não deixou de o elogiar e de lhe responder, no final da sua intervenção, também a propósito da inovação no mundo empresarial.

"Dizia o doutor Francisco Pinto Balsemão, é preciso algum Governo grau de loucura. Eu sou conhecido pela minha heterodoxia. Portanto, ouvir isto é música celestial para os meus ouvidos. Ele sabe que é música celestial para os meus ouvidos, porque me conheceu com 20 e poucos anos", declarou o chefe de Estado.

Dirigindo-se aos jovens empresários, Marcelo Rebelo de Sousa disse-lhes: "Eu admito que nestas jovens gerações seja mais difícil encontrar, com o vosso sucesso, tanta gente louca. Provavelmente são menos loucos do que seria desejável. Mas não percam o afeto, a inteligência emocional. É muito importante".

"Eu corro o risco de também ser loucamente apegado à ideia do afeto. Mas é fundamental. O vosso objetivo são os consumidores, o vosso objetivo são pessoas de carne e osso. O vosso objetivo são, não números, mas pessoas, cada uma delas diferente da outra. É óbvio que é possível tratá-las por agregados, nós sabemos isso, economicamente. Mas há um lado de inteligência emocional que é fundamental", acrescentou.

O Presidente da República insistiu que a inteligência emocional "é fundamental na política, é fundamental na sociedade, é fundamental na economia" e é "o que se espera de grandes talentos na vida empresarial portuguesa".

Em relação ao Expresso, Marcelo Rebelo de Sousa sustentou que aquele semanário "antecipou a mudança" que iria acontecer em Portugal e elogiou "a visão de Francisco Pinto Balsemão", dizendo que "hoje passou largamente o testemunho, mas continua com a sua juventude presente no projeto".

Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC