sicnot

Perfil

País

Parlamento quer dados sobre crianças desaparecidas nos relatórios de Segurança Interna

O parecer da Assembleia da República sobre o relatório anual de Segurança Interna - 2015, por sugestão do PSD, vai conter uma recomendação crítica para que passe a incluir o número de crianças desaparecidas em Portugal.

Da autoria do deputado socialista Filipe Neto Brandão, o parecer do parlamento ao relatório anual de Segurança Interna do ano passado foi aprovado por unanimidade em reunião da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

No entanto, o deputado social-democrata Fernando Negrão lamentou que o relatório e, consequentemente, o parecer sejam omissos em matéria de crianças desaparecidas, razão pela qual sugeriu a introdução de uma nota crítica relativamente a este aspeto.

Filipe Neto Brandão começou por resistir à ideia, alegando que o seu parecer "é uma súmula daquilo que está presente no relatório" e não daquilo que não consta no documento e advertiu que dados relativos a crianças desaparecidas já não constavam em relatórios de Segurança Interna de anos anteriores.

"Se não fizermos agora essa referência agora, então nos anos seguintes esses dados sobre crianças desaparecidas vão continuar a não constar nos relatórios de Segurança Interna. Estamos perante uma matéria objetiva e de especial gravidade", ripostou Fernando Negrão.

A divergência foi resolvida quando o presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais, o deputado socialista Pedro Bacelar de Vasconcelos, se disponibilizou para ele próprio acrescentar nas conclusões do parecer da Assembleia da República a referência às crianças desaparecidas.

Em linhas gerais, o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI), entregue no parlamento a 31 de março, indica que a criminalidade geral aumentou 1,3 por cento, no ano passado, face a 2014, mas a criminalidade violenta e grave diminuiu 0,6 por cento.


Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.