sicnot

Perfil

País

Secretário de Estado prescinde do subsídio de alojamento para preservar imagem

Secretário de Estado prescinde do subsídio de alojamento para preservar imagem

O secretário de Estado do Ambiente vai prescindir do subsídio de alojamento que recebe, apesar de viver a apenas 20 quilómetros de Lisboa. Carlos Martins diz que não o faz por ser ilegal, mas sim para preservar a própria imagem e a do Governo. A atribuição do subsídio de alojamento está prevista para governantes que moram a mais de 150 quilómetro de Lisboa. A residência permanente de Carlos Martins é em Tavira, mas o secretário de Estado vive em Cascais.

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19