sicnot

Perfil

País

PSP condenado a seis anos de prisão por ficar com droga apreendida

Um agente da PSP do Porto foi condenado a seis anos e três meses de prisão por, entre 2013 e 2014, se apropriar e consumir droga apreendida a traficantes, avançou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

Além disso, o arguido de 39 anos, dependente do consumo de droga, cedia aos traficantes, em troca dessa substância ilícita, material policial e informações quanto a locais e horários de ações de fiscalização, lê-se na nota da procuradoria.

O Tribunal São João Novo, no Porto, condenou ainda um outro agente da PSP a nove meses de prisão, suspensa na sua execução por um ano, por, em algumas ocasiões, ter assistido aos crimes cometidos pelo colega e não o ter denunciado.

O coletivo de juízes realçou que um dos agentes se "valia" do exercício das suas funções para obter a droga.

Os crimes aconteceram em outubro de 2013 e janeiro e fevereiro de 2014, sempre nas imediações do Bairro do Aleixo e do Pinheiro Torres, no Porto.

Lusa

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.