sicnot

Perfil

País

PSP condenado a seis anos de prisão por ficar com droga apreendida

Um agente da PSP do Porto foi condenado a seis anos e três meses de prisão por, entre 2013 e 2014, se apropriar e consumir droga apreendida a traficantes, avançou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

Além disso, o arguido de 39 anos, dependente do consumo de droga, cedia aos traficantes, em troca dessa substância ilícita, material policial e informações quanto a locais e horários de ações de fiscalização, lê-se na nota da procuradoria.

O Tribunal São João Novo, no Porto, condenou ainda um outro agente da PSP a nove meses de prisão, suspensa na sua execução por um ano, por, em algumas ocasiões, ter assistido aos crimes cometidos pelo colega e não o ter denunciado.

O coletivo de juízes realçou que um dos agentes se "valia" do exercício das suas funções para obter a droga.

Os crimes aconteceram em outubro de 2013 e janeiro e fevereiro de 2014, sempre nas imediações do Bairro do Aleixo e do Pinheiro Torres, no Porto.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Chamar o médico a casa é um procedimento habitual para muitas famílias, mas chamar um enfermeiro a casa é menos comum. Uma portuguesa criou um sistema inovador no mundo em que pode chamar um enfermeiro a casa através da internet ou de uma aplicação para telemóvel com os mesmos preços em todo o país e sem mensalidades. Só paga o serviço que utilizar. O Contas Poupança foi conhecer os preços e comparar para ver se compensa.

  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29