sicnot

Perfil

País

Homem acusado de matar ex-futebolista condenado a 19 anos e seis meses de prisão

O homem acusado de matar um ex-jogador de futebol do União de Leiria, em agosto de 2015, foi hoje condenado pelo Tribunal de Leiria a uma pena de prisão de 19 anos e seis meses.

(Arquivo/SIC)

(Arquivo/SIC)

O coletivo de juízes condenou o homem, de 26 anos, pela morte de Raul João de Oliveira, de 47, ficando provado que foi o autor dos cinco tiros que mataram o ex-jogador junto ao Café da Mineira, em São Romão, Leiria.

O tribunal considerou ter ficado provado que o acusado disparou inicialmente três tiros de uma arma de calibre 6.35 milímetros a curta distância, "manifestando o maior desprezo pela vida" de Raul João de Oliveira, e disparou ainda mais dois tiros quando a vítima estava já no chão.

Segundo o coletivo de juízes, houve intenção de tirar a vida.

"Sabia o que estava a fazer e fez o que quis", sublinhou o juiz, na leitura do acórdão, acrescentando que o arguido não manifestou sentimento de culpa nem arrependimento e tentou fugir após o crime.

Quatro dias mais tarde, foi detido no aeroporto de Barajas, em Madrid, Espanha, quando se preparava para viajar para o Brasil.

Apesar da condenação por homicídio simples agravado, o tribunal não acompanhou o pedido do Ministério Público, que queria uma condenação não inferior a 22 anos, por homicídio qualificado.

O coletivo de juízes não encontrou razões de premeditação nem motivo fútil para o assassinato, que aconteceu depois de uma troca de palavras.

Apesar de a vítima "não ter feito nada" e de "não haver qualquer motivo" para o sucedido, "a ausência de motivo não é motivo fútil".

O autor dos disparos foi por isso condenado por homicídio simples, agravado pelo uso de arma, agressão à integridade física de um homem que o tentou deter e posse de arma ilegal.

Em cúmulo jurídico irá cumprir a pena de 19 anos e seis meses.

Terá ainda de pagar uma indemnização de 108 mil euros ao filho da vítima por danos patrimoniais e 30 mil euros à mãe da vítima por danos não patrimoniais.

O MP pedia uma indemnização superior a 700 mil euros por danos patrimoniais, pensão de alimentos, despesas de saúde e escolares para o filho menor de Raul Oliveira.

"Praticou um ato muitíssimo grave. Dentro de algum tempo - não sei quando - voltará à vida social. Mas aquele a quem tirou a vida não voltará", afirmou o juiz presidente, numa sessão que contou com segurança reforçada.

Falando para a assembleia, onde estavam familiares e amigos da vítima que acompanharam a sessão com grande tensão - um dos presentes saiu da sala proferindo ameaças de morte a familiares do condenado -, o juiz admitiu haver "muita dor, muita vontade de vingança", mas sublinhou que "o tribunal não faz isso, faz justiça".

"O tribunal espera que este processo tenha chegado ao seu fim", disse o juiz, recomendando à assembleia para tentar "lentamente ir esquecendo" o caso.

A vítima mortal formou-se nas camadas jovens do União de Leiria, onde subiu a sénior. Jogou ainda por clubes como o Pedras Rubras, Fátima, Portomosense, Sport Clube Leiria e Marrazes e Atlético Clube Marinhense.

Lusa

  • Morreu o vocalista da banda Linkin Park

    Cultura

    Um dos vocalistas da banda de metal alternativo Linkin Park, Chester Bennington, morreu, em casa, numa cidade do condado de Los Angeles, aos 41 anos. Chester Bennington ter-se-á suicidado, de acordo com a plataforma TMZ. O músico juntou-se aos Linkin Park em 1999, três anos após a formação da banda, que editou o seu álbum de estreia, "Hybrid Theory", em 2000. O disco, do qual fazem parte temas como "In the End", "Crawling" e "One Step Closer", vendeu dez milhões de cópias só nos Estados Unidos.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.