sicnot

Perfil

País

Madeireiro condenado a seis anos e meio de prisão por atear fogos florestais

Madeireiro condenado a seis anos e meio de prisão por atear fogos florestais

Foi condenado a seis anos e seis meses de prisão o madeireiro acusado de três crimes de incêndio florestal em Penacova. O homem foi apanhado em flagrante por populares quando ateava um dos fogos em agosto do ano passado. Teresa Serra, advogada do arguido, considera a decisão sensata mas mantém em aberto a possibilidade de recurso.