sicnot

Perfil

País

Nova aplicação móvel ajuda crianças a encontrar os pais

Uma aplicação móvel que ajuda as crianças a memorizar o número de telefone dos pais, para que possam contactá-los em caso de emergência, é lançada hoje em 15 países, entre os quais Portugal.

reuters

A ideia desenvolvida pela Missing Children Europe é que as crianças aprendam, através de "processo muito simples", o número de telefone dos pais, usando-o como código de desbloqueio do seu smartphone ou tablet, explicou à agência Lusa a presidente da Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas (APDC), parceira da federação europeia na divulgação desta aplicação em Portugal.

Assim que as crianças estejam habituadas a lembrarem-se dos seus códigos de bloqueio do dispositivo, porque os usam diariamente, a aplicação muda este código aleatório para o número de telefone dos pais.

"Hoje já não é normal aprender-se os números de telefone de cor, mas todas as crianças sabem o código de desbloqueio do smartphone e, nesse sentido, a Missing Children Europe teve esta iniciativa muito importante", disse a presidente da APDC, Patrícia Cipriano.

Esta iniciativa assume particular relevância no período de férias, porque há maior "trânsito de pessoas dentro da Europa", nomeadamente em Portugal, onde há muita movimentação de turistas", e, por vezes, "as crianças perdem-se e não sabem como contactar os pais", adiantou Patrícia Cipraino.

Segundo oo mesmo responsável, o facto de as crianças saberem o contacto dos pais vai evitar "muitas aflições", porque imediatamente a polícia, a pessoa que está na praia, um vigilante ou outra pessoa vai poder ligar à família e dar a localização da criança em caso de estar perdida.

Sobre o funcionamento da aplicação 'Remumber', a federação europeia explica que, depois de instalada, basta digitar o número de telefone a memorizar e o dispositivo será bloqueado através do dispositivo.

As crianças vão memorizar o número gradualmente: os quatro primeiros dígitos têm que ser aprendidos de cor e, em seguida, os outros números a inserir são iluminados se a criança está bloqueada e precisa de uma pista.

Depois de a criança memorizar com sucesso todo o código, os pais são informados por e-mail e podem, em seguida, digitar um novo número para memorizar, deixar o número original ou desinstalar a aplicação, refere a Missing Children Europe.

A organização salienta também que a aplicação Remumber pode igualmente constituir "uma boa oportunidade para abordar a matéria da confiança e segurança" com as crianças e para "definir algumas diretrizes por acordo, especialmente pouco antes das férias.

A aplicação é lançada hoje em vários países, entre os quais a Bélgica, Itália, República Checa, Sérvia, Estónia, França, Áustria, Espanha, Grécia, Albânia, Irlanda, Hungria e Roménia.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.