sicnot

Perfil

País

Promessa de negociações para baixar portagens ainda não foi cumprida

O governo ainda não contactou formalmente a Scutvias, concessionária da A23, no sentido de iniciar as negociações para baixar o preço das portagens desta mesma autoestrada.

SIC

SIC

O Governo português ainda não cumpriu a promessa de iniciar negociações para baixar o preço das portagens do interior, apesar do executivo ter prometido que o faria antes do verão.

Segundo o jornal Público, o único concessionário com quem é preciso iniciar negociações é a Scutvias, empresa que gere a A23, autoestrada da Beira Interior, que atravessa os distritos de Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Santarém. A Scutvias é a única em que as receitas de portagens integram os seus ganhos. No entanto, a empresa ainda não foi formalmente contactada pelo executivo para o efeito.

A A23 faz parte do grupo das ex-Scuts (Sem Custos para o Utilizador) mais caras de Portugal. O preço para percorrer o percurso completo (Alcanena - Guarda) é de 16,75 euros

Para além desta autoestrada, o Governo comprometeu-se ainda a baixar as portagens da A24 (Interior Norte) que liga Viseu a Chaves e da A24, que liga Aveiro a Vilar Formoso e, por fim a Via do Infante, que atravessa todo o Algarve.

  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Comissão Europeia quer proibir o tabaco na praia

    País

    A Comissão Europeia quer proibir o tabaco em todos os espaços públicos, incluindo praias, parques infantis e equipamentos desportivos. A proposta foi apresentada pelo comissário da Saúde e Segurança Alimentar que, além de querer reduzir a dependência do tabaco, também sugere que todos os estados membros apliquem uma idade mínima para a venda de tabaco.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07