sicnot

Perfil

País

Cérebro do esquema que defraudou o Estado em 2M€ condenado a sete anos de prisão

Cérebro do esquema que defraudou o Estado em 2M€ condenado a sete anos de prisão

O cabecilha de um grupo de mais de cem pessoas, que entre 2005 e 2013 defraudou a segurança social em 2 milhões de euros, foi hoje condenado a sete anos de prisão. A fraude foi montada com a ajuda de um contabilista, um médico e um advogado. Mais de cem pessoas receberam subsídios a que não tinham direito ao longo de oito anos. O Tribunal de Gaia absolveu treze arguidos e as penas dos outros oscilaram entre um e sete anos.