sicnot

Perfil

País

"Esta é mais uma etapa de uma longa maratona"

"Esta é mais uma etapa de uma longa maratona"

Carlos Cruz saiu, esta tarde, em liberdade condicional. O antigo apresentador de televisão, condenado no processo Casa Pia, diz que "esta é mais uma etapa de uma longa maratona" e deposita agora esperanças no recurso no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

  • Carlos Cruz vai continuar a lutar até que seja reconhecida a sua inocência
    2:51

    País

    Carlos Cruz saiu esta quinta-feira da prisão da Carregueira, em liberdade condicional. A decisão foi tomada pelo Tribunal da Relação da Lisboa, depois de um recurso interposto pelo antigo apresentador de televisão.Carlos Cruz foi preso há três anos, depois de ter sido condenado por crimes de abuso sexuais de menores, no âmbito do processo Casa Pia.A família do antigo apresentador foi esperá-lo à cadeia, bem como o amigo João Malheiro. À saída, Carlos Cruz disse vai continuar a lutar por justiça, até que seja reconhecida a sua inocência. Revelou ainda que já tem propostas de trabalho, nomeadamente na área da comunicação.

  • Advogado diz que está reposta a liberdade, ainda que condicional, a Carlos Cruz
    0:43

    País

    O advogado de Carlos Cruz diz que é um dia muito importante porque está reposta a liberdade, ainda que condicional, ao ex-apresentador de televisão. Ainda assim, Ricardo Sá Fernandes diz que agora o principal objetivo é esperar pela declaração de inocência de Carlos Cruz. Um processo que está a correr no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

  • Crianças trocadas à nascença não querem mudar de pais

    Mundo

    Tem todos os ingredientes de um argumento de filme, mas aconteceu de facto na Índia. Dois bebés foram trocados à nascença na maternidade, os resultados de ADN confirmaram-no quase três anos depois, mas as crianças, atualmente com 2 anos e 10 meses, não querem mudar de família.

    SIC

  • Agressões e rascismo em escola de Portimão
    3:06

    País

    Queixas de agressões, insultos, discriminação e racismo numa escola básica de Portimão estão a ser alvo de um processo de averiguações, por parte da autarquia e da direção do agrupamento escolar. As denúncias partem de um grupo de pais e foram tornadas públicas pela organização SOS Racismo.  A principal visada é uma funcionária da cantina, mas também uma professora.

  • Os (maus) hábitos do português ao volante
    1:31