sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, para o continente, períodos de céu muito nublado, apresentando-se em geral muito nublado no litoral oeste até final da manhã, podendo persistir em alguns locais ao longo do dia, aguaceiros, que poderão ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada, em especial durante a tarde e nas regiões do interior.

Está também previsto vento fraco, soprando temporariamente moderado de noroeste no litoral oeste durante a tarde, neblina ou nevoeiro matinal no litoral oeste e pequena descida da temperatura máxima no litoral norte e região centro.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado e vento moderado de nor-nordeste, soprando moderado a forte nas terras altas.

Para os Açores, a previsão aponta para céu muito nublado, com boas abertas a partir da manhã, neblinas ou nevoeiro, períodos de chuva fraca ou chuvisco e vento sudoeste bonançoso a moderado.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 19 e 32 graus Celsius, no Porto entre 18 e 27, em Vila Real entre 18 e 32, em Viseu entre 18 e 31, em Bragança entre 16 e 31, na Guarda entre 16 e 26, em Coimbra entre 18 e 31, em Castelo Branco entre 18 e 30, em Santarém entre 18 e 34, em Évora entre 19 e 33, em Beja entre 18 e 33, em Faro entre 19 e 25, no Funchal entre 18 e 24, em Ponta Delgada e na Horta entre 19 e 24 e em Santa Cruz das Flores entre 20 e 24.

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.