sicnot

Perfil

País

Portugal com segunda menor taxa de natalidade bruta da UE em 2015

Portugal teve, em 2015, a segunda menor taxa bruta de natalidade da União Europeia (8,3 por mil habitantes) e um crescimento natural negativo de -2,2 por mil habitantes, segundo o Eurostat.

Reuters

No mesmo ano, a média da UE registou, pela primeira vez, uma taxa de crescimento natural -- diferença entre nascimentos e mortes -- negativa, -0,3 por mil habitantes, tendo registado 5,1 milhões de recém-nascidos e 5,2 milhões de óbitos.

A Irlanda (14,2 por mil habitantes) tem a maior taxa bruta de natalidade, seguindo-se a França (12,0 por mil habitantes), o Reino Unido (11,9 por mil habitantes) e a Suécia (11,7 por mil habitantes), enquanto as mais baixas foram observadas em Itália (8,0 por mil habitantes), Portugal (8,3 por mil habitantes) e Grécia (8,5 por mil habitantes).

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, a média dos 28 Estados-membros é de uma natalidade bruta de 10,0 por mil habitantes.

Apesar da taxa de crescimento natural negativa, de 2015 para 2016, a população da UE aumentou em quase dois milhões de pessoas (3,5 por mil habitantes), o que se explica pelo fluxo migratório.

Lusa

  • Cristas acusa Costa de mentir sobre acordo da concertação social
    3:01

    Economia

    A presidente do CDS acusou esta terça-feira o primeiro-ministro de mentir no debate quinzenal, ao dizer que o acordo da concertação social já estava assinado. Foi o momento mais aceso, com Assunção Cristas a dizer que António Costa não tem condições para chefiar o Governo.

  • Trump prestará juramento com a duas bíblias

    Mundo

    Donald Trump prestará juramento, na próxima sexta-feira, como o 45.º Presidente dos Estados Unidos, usando duas Bíblias - a sua, oferecida pela sua mãe, e a que Abraham Lincoln usou na sua posse, há 150 anos.

  • Medalha idêntica à de Anne Frank encontrada em campo nazi

    Mundo

    Um grupo de investigadores encontrou uma medalha praticamente igual à de Anne Frank, nas escavações ao campo nazi de extermínio Sobibor, na Polónia. Os especialistas do Memorial do Holocausto Yad Vashem em Israel acreditam que a medalha pertencia a Karoline Cohn, que pode ter conhecido Anne Frank.

  • Esta foto pode salvar a sua vida

    Mundo

    Podemos até estar familiarizados com os sinais do cancro da mama, mas quando se trata de identificar sintomas visuais nos nossos próprios seios, já não é tão fácil. Por isto, uma designer resolveu mostrar como descobrir sinais através de uma ajuda improvável: limões.

    Rita Ferro Alvim