sicnot

Perfil

País

Câmara de Lisboa dá tolerância de ponto hoje à tarde

A Câmara de Lisboa anunciou hoje que vai dar esta tarde tolerância de ponto aos trabalhadores da autarquia na sequência da vitória da seleção portuguesa de futebol no Euro2016.

"Considerando que a vitória de Portugal no Campeonato da Europa de Futebol constitui um momento único de celebração de todos os portugueses, concedo aos trabalhadores do município de Lisboa tolerância de ponto, na tarde do dia 11 de julho, para se poderem associar à homenagem à nossa seleção na cidade de Lisboa", refere o despacho assinado pelo presidente da autarquia, Fernando Medina (PS), e ao qual a agência Lusa teve acesso.

O responsável acrescenta que "nos serviços considerados essenciais, nomeadamente os serviços operacionais da higiene urbana, obras e UCT [Unidades de Coordenação Territorial], que em função da sua natureza devam manter-se em funcionamento nessa data, os trabalhadores beneficiarão de tolerância de ponto em data a acordar com o respetivo dirigente".

Portugal sagrou-se no domingo campeão da Europa de futebol pela primeira vez na história, ao vencer na final a anfitriã França por 1-0, após prolongamento, com um golo de Éder, aos 109 minutos, no Stade de France, em Saint-Denis.

Em Lisboa, o epicentro dos festejos foi a praça Marquês de Pombal, mas também houve comemorações na Alameda D. Afonso Henriques e no Terreiro do Paço, locais que tiveram ecrãs gigantes a transmitir o jogo.

Um golo do suplente Éder, aos 109 minutos, selou o triunfo da formação das 'quinas', que perdeu por lesão, aos 25, o 'capitão' Cristiano Ronaldo, substituído por Ricardo Quaresma, depois de uma falta dura de Dimitri Payet, logo aos oito.

A seleção portuguesa tornou-se a segunda na história da competição a vencer a equipa da casa na final, 12 anos depois de ter perdido por 1-0 com a Grécia a do Euro2004, em pleno Estádio da Luz, em Lisboa.

  • Primeiro-ministro agradece sacrifícios dos portugueses
    0:46

    Economia

    O primeiro-ministro diz que os números do INE em relação ao défice de 2016 são prova de que havia uma alternativa e deixou uma palavra de agradecimento aos portugueses. As declarações de António Costa foram feiras aos jornalistas em Roma, onde se encontra para assinalar no sábado os 60 anos da União Europeia.

  • Jerónimo diz que UE vai continuar a causar constrangimentos a Portugal
    0:35

    Economia

    Esta sexta-feira na inauguração de uma exposição em Almada que denuncia a precariedade dos postos de trabalho, Jerónimo de Sousa falou sobre o défice de 2016. Para o secretário-geral do PCP, apesar do Governo ter ido além do exigido por Bruxelas, a União Europeia vai continuar a impedir Portugal de crescer.

  • Enfermeiros desconvocam greve

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) desconvocou esta sexta-feira a greve geral nacional marcada para quinta e sexta-feira da próxima semana, anunciou o presidente da estrutura, justificando com os compromissos assumidos pelo Ministério da Saúde.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33

    País

    O Comissário Europeu da Saúde defende uma proibição total do consumo de tabaco no espaço público. Esta e outras medidas foram defendidas, ontem, na Conferência Tabaco e Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

  • Visitar o Titanic vai custar 97 mil euros por pessoa

    Mundo

    Uma viagem a bordo do Titanic em 1912 era considerada uma viagem de luxo. Mais de 100 anos depois, continua a ser um luxo visitar o Titanic. Em 2018, vai ser possível conhecer os restos daquele que em tempos foi o maior navio do mundo. Contudo, nem todos vão poder fazê-lo, pois a viagem irá custar cerca de 97 mil euros por pessoa.