sicnot

Perfil

País

Condenado a nove anos de prisão por balear ex-namorada em St.ª Maria da Feira

O Tribunal da Feira condenou hoje a nove anos de prisão, em cúmulo jurídico, um homem acusado de ter baleado a ex-companheira há cerca de um ano, em Nogueira de Regedoura, por não aceitar a separação.

Julio Cortez

O tribunal deu como provado que o homem, de 53 anos, "agiu com a intenção de matar a ex-companheira", mas absolveu o arguido da acusação de homicídio qualificado na forma tentada, porque prestou socorro à vítima, após ter efetuado os disparos.

O arguido, atualmente em prisão preventiva, foi condenado a sete anos de prisão, por um crime de ofensa à integridade física grave qualificada, e seis meses, por um crime de ofensa à integridade física simples.

Foi ainda condenado a dois anos e oito meses de prisão, por um crime de violência doméstica, um ano e meio, por um crime de detenção ilegal de arma proibida, e um ano, por um crime de violação de domicílio.

Em cúmulo jurídico, foi-lhe aplicada uma pena única de nove anos de prisão.

Além da pena de prisão, o arguido terá de pagar uma indemnização de 30 mil euros à ex-companheira, por danos não patrimoniais, e 1.500 euros ao Centro Hospitalar do Entre Douro e Vouga, por despesas hospitalares resultantes da prestação de cuidados à vítima.

Apesar de confessar os factos, a juíza presidente referiu que o arguido "não evidenciou um sentimento sincero de arrependimento" tendo, pelo contrário, "tentado vitimizar-se".

Durante o julgamento, o arguido disse que não teve intenção de matar a mulher, afirmando que atirou o primeiro tiro "para assustá-la ou para a magoar".

O arguido assumiu ainda estar arrependido do que fez, adiantando que após ter efetuado os disparos limpou a ex-companheira, que estava cheia de sangue, e a seguir telefonou para o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a pedir auxílio.

"Ela estava a ficar muito roxa e chamei o INEM e depois entreguei-me à GNR", afirmou.

Antes de chegarem os médicos e a GNR ainda teve tempo de esconder a pistola na zona de mato defronte da casa onde tinha aguardado a chegada da antiga companheira.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), o homem começou a perseguir e a ameaçar de morte a ex-companheira, após o fim da relação amorosa, em maio de 2015.

Estes atos culminaram com a tentativa de pôr termo à vida daquela, na manhã do dia 10 de agosto de 2015, junto à residência onde a ex-companheira trabalhava como empregada doméstica, em Nogueira de Regedoura.

Quando a mulher chegou ao local, o arguido saiu de uma mata onde se encontrava escondido, e efetuou dois disparos com uma arma de fogo, tendo um deles atingido a ofendida, que conseguiu refugiar-se na vivenda.

A proprietária da habitação, que se encontrava grávida de cinco meses, conseguiu fugir para o jardim dos vizinhos, saltando um muro com uma filha de três anos.

O arguido seguiu no encalce da antiga companheira, acabando por encurralá-la num dos quartos da habitação e apontou-lhe novamente a arma disparando mais quatro tiros, dois dos quais atingiram a mulher na perna.

O MP refere ainda que antes deste episódio, o arguido agrediu com pontapés e socos a antiga companheira e duas menores, respetivamente filha e sobrinha da ofendida, que acorreram ao local para tentar pôr termo às agressões.

A mulher, que continua a ser observada pelos serviços de cirurgia geral do Hospital da Feira, não tendo a sua situação clínica estabilizada, diz que continua a viver atemorizada, afirmando que o ex-companheiro continua a telefonar-lhe do estabelecimento prisional insistindo para reatarem o relacionamento, após a sua libertação.

Lusa

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • Rui Santos revela novos e-mails que envolvem o Benfica
    1:52
    Tempo Extra

    Tempo Extra

    3ª FEIRA 23:00

    No programa da SIC Notícias Tempo Extra, Rui Santos revelou esta terça-feira que o blogue de Hugo Gil, associado ao Benfica, partilhou informação privilegiada da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) com várias figuras do clube da Luz.

  • Fredy Montero é reforço do Sporting

    Desporto

    O colombiano Fredy Montero está de regresso ao Sporting, anunciou o clube. O avançado de 30 anos já tinha vestido a camisola dos leões entre 2013 e 2015, antes de passar pelos chineses do Tianjin Teda e nos canadianos dos Vancouver Whitecaps.

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, como já tinha sido divulgado, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • "É preciso namorar bem para que o namoro dê certo"
    2:31
  • Governo vai proibir refeições nos monumentos com estatuto de panteão
    0:53

    País

    O Governo vai acabar com as refeições no Panteão Nacional e em edifícios com estatuto semelhante, como os mosteiros dos Jerónimos e da Batalha. A decisão foi anunciada esta terça-feira pelo ministro da Cultura, no Parlamento. Luís Filipe Castro Mendes esclareceu que a decisão surge no âmbito da revisão do regulamento sobre os monumentos.