sicnot

Perfil

País

Governo reitera que oferta da TDT permite mais quatro canais

O ministro da Cultura reiterou esta terça-feira a decisão, aprovada em Conselho de Ministros, que vai permitir alargar a oferta na televisão digital terrestre (TDT) em mais quatro canais, dois públicos e dois privados.

© STRINGER Mexico / Reuters

O esclarecimento do ministro da Cultura, Luís Castro Mendes, surge no dia em que o jornal Público noticiou que "TDT só dá para mais três canais", salientando que o regulador "contraria Governo, que quer acrescentar quatro canais grátis".

"Depois de oito anos de inércia, conseguimos encontrar uma solução que vai beneficiar diretamente cerca de dois milhões e meio de cidadãos que têm na TDT o único acesso a conteúdos televisivos. É esta circunstância que importa frisar. Há um milhão de lares que hoje têm apenas acesso a cinco canais de televisão e que em breve vão poder aceder gratuitamente a mais quatro", referiu o ministro, numa nota enviada à comunicação social.

O governante reiterou que dois dos canais serão responsabilidade da RTP, nomeadamente a RTP3 e RTP Memória, e outros dois serão repartidos pelos operadores privados, em concurso a lançar oportunamente.

"A solução encontrada para acomodar estes novos canais foi desenvolvida pela PT e baseia-se na utilização de tecnologia de última geração, que permite a descodificação do sinal, de modo a preservar a sua qualidade", esclareceu o Governo.

"Foram feitos estudos e realizados testes sobre a capacidade da rede por parte do operador de distribuição responsável que o regulador do setor acompanhou", disse, acrescentando que a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), "tal como referiu hoje em comunicado, reconhece e aplaude esta solução que permite uma maior otimização da capacidade existente".

O ministro reiterou que "esta medida não representa custos adicionais para o Orçamento Geral do Estado e vai impactar positivamente cerca de 2,5 milhões de cidadãos".

Luís Castro Mendes espera que a oferta da RTP3 e RTP Memória esteja disponível na TDT até ao final do verão.

Atualmente, a TDT disponibiliza a RTP1, RTP2, SIC, TVI e canal Parlamento.

Lusa

  • Sessão solene no Parlamento e desfile popular nas comemorações do 25 de Abril

    País

    Os 43 anos da Revolução dos Cravos são hoje comemorados com a sessão solene no Parlamento e o tradicional desfile popular, tendo o Presidente da República escolhido o 25 de Abril para condecorar, a título póstumo, Francisco Sá Carneiro. A SIC Notícias acompanha esta manhã a sessão solene na Assembleia da República. Veja aqui em direto.

  • Desconhecem-se as causas do incêndio na fábrica da Tratolixo
    0:43

    País

    Os moradores de Trajouce, em São Domingos de Rana, não ganharam para o susto com um incêndio nas instalações da empresa de resíduos Tratolixo.O alerta foi dado por populares e trabalhadores da empresa. O vento foi o maior problema dos bombeiros no combate às chamas durante a noite. No local estiveram 133 homens, apoiados por 51 viaturas.Desconhecem-se para já as causas do incêndio. O incêndio foi circunscrito de madrugada, mas pode demorar algumas horas a ser dominado.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Duas execução no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.