sicnot

Perfil

País

Trabalhadores da Soares da Costa invadem sede da empresa em Lisboa

Mais de uma centena de trabalhadores da Soares da Costa entrou hoje na sede da empresa, em Lisboa, exigindo ser recebida pela administração, de forma a resolver a situação dos salários em atraso.

"Está na hora, está na hora do salário cá para fora" e "assim não pode ser, trabalhar sem receber" são algumas das frases gritadas pelos trabalhadores que se encontram no exterior do edifício.

Os trabalhadores da Soares da Costa queixam-se de estar sem receber salário há oito meses.

Entretanto, elementos da PSP chegaram ao local.

Lusa

  • Salários em atrasos na Soares da Costa desde fevereiro
    1:34

    Economia

    A Soares da Costa vai arrancar me breve com várias obras, no valor de 80 milhões de euros e, para as quais precisa de 430 trabalhadores. Deste modo, não pode avançar com o despedimento coletivo, anunciado pela empresa em abril. Quem o diz é o Sindicato da Construção Civil, que lembra que a construtora não paga salários desde fevereiro. Dezenas de funcionários suspenderam ou rescindiram contrato desde maio devido aos atrasos salariais.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.