sicnot

Perfil

País

Há médicos de Trás-os-Montes a serem deslocados para o Algarve

A falta de ortopedistas nas unidades de saúde do Algarve levou à deslocação de médicos provenientes de Trás-os-Montes, de acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias. No entanto, o Centro hospitalar transmontano é um dos mais carenciados do país.

A incidência de carcinoma da cabeça e pescoço foi de 50 novos casos por ano na população masculina, por 100 mil habitantes, e de 16 novos casos por ano na população feminina, com taxas de mortalidade de 19 e 3, respetivamente.(Arquivo)

A incidência de carcinoma da cabeça e pescoço foi de 50 novos casos por ano na população masculina, por 100 mil habitantes, e de 16 novos casos por ano na população feminina, com taxas de mortalidade de 19 e 3, respetivamente.(Arquivo)

© Regis Duvignau / Reuters

Vários médicos de Trás-os-Montes foram deslocados nas últimas semanas para os hospitais do Algarve, como forma de colmatar a falta de profissionais de saúde na região.

Na edição de hoje do JN, é exposto o exemplo de uma aluna algarvia do ensino básico que partiu um braço e que foi deslocada para o hospital de Santa Maria (Lisboa), a 300 quilómetros de distância, por não haver nenhum ortopedista disponível em serviço. O jornal cita um despacho publicado esta semana em Diário da República, onde é evidenciada a falta de 736 médicos por todo o país.

"As instituições mais carenciadas são o Centro Hospitalar do Algarve e o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro que agora vão poder contratar 51 e 37 especialistas, respetivamente", lê-se no despacho.

Para colmatar esta falta de médicos no Algarve, foi acionado o sistema de mobilidade parcial, que permite que os médicos possam ser deslocados, sem autorização prévia, durante este periodo de verão em que a população triplica, muito devido ao elevado número de turistas que visitam o sul do país.

Os responsáveis da Administração Regional de Saúde do Algarve admitem que existe uma profunda assimetria de recursos no país, estando estes mais concentrados no Norte e Centro, falhando no interior, no Algarve e Alentejo.

  • Défice cai 1.900 milhões até agosto

    Economia

    O défice das administrações públicas foi de 2.034 milhões de euros até agosto, uma "melhoria de 1.901 milhões" face ao mesmo período de 2016, segundo o Governo, que justifica com aumento superior a 4% da receita.

  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Criar galinhas na cozinha, guerras no fogão, e drones dentro de casa
    7:28
  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.