sicnot

Perfil

País

"O país está verdadeiramente numa onda feliz "

O Presidente da República considerou hoje, antes de condecorar oito desportistas recentemente medalhados, que "o país está verdadeiramente numa onda feliz" e disse esperar ver "muitos outros a serem medalhados" nos jogos olímpicos.

ANT\303\223NIO COTRIM

"O país está verdadeiramente numa onda feliz. Está numa onda feliz, porque tem tido ao longo dos tempos, nomeadamente dos últimos tempos, magníficas notícias das suas e dos seus melhores, nas mais diversas modalidades desportivas e nos mais diversos domínios da atividade económica, social, cultural, artística", declarou Marcelo Rebelo de Sousa, numa cerimónia na Sala das Bicas do Palácio de Belém.

O chefe de Estado falava perante oito desportistas recentemente medalhados em campeonatos europeus, um de canoagem e sete de atletismo, aos quais em seguida atribuiu condecorações com a Ordem do Mérito - dois dias depois de ter recebido em Belém a seleção portuguesa de futebol campeã europeia, atribuindo a cada um dos jogadores e treinadores alvarás de concessão de condecorações com esta mesma ordem.

Na presença do presidente da Assembleia da República, o ministro da Educação e o secretário de Estado da Juventude e Desporto, Marcelo Rebelo de Sousa salientou que este é "um momento pré-olímpico" e disse que espera daqui por umas semanas ver "muitos, muitos outros a serem medalhados".

"Seria um magnífico sinal, um sinal de que o país está a viver, também no domínio do desporto, um momento ímpar na sua história recente", acrescentou.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.