sicnot

Perfil

País

Proteção Civil alerta para risco muito elevado de incêndio devido ao calor

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou hoje para o risco de incêndio em níveis muito elevados para os próximos dias, devido às previsões de tempo quente e seco, com temperaturas a rondar os 40 graus.

O alerta da ANPC surge após o contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que prevê, a partir de quinta-feira, temperaturas acima dos 30 graus nas regiões do norte e, entre os 35 e 40 graus, para o centro e sul do país, além da temperatura mínima acima dos 20 graus.

Em comunicado, a Proteção Civil alerta para "índices de risco de incêndio em níveis muito elevado e extremo" nas regiões do interior centro e Algarve, agravando a partir de quinta-feira em especial nas regiões do litoral norte e centro.

A ANPC adianta que a eventual ocorrência e propagação de incêndios florestais são os efeitos expectáveis do tempo quente e seco e vento moderado.

A Proteção Civil sublinha que não é permitido realizar queimadas, nem fogueiras, utilizar equipamentos de queima e de combustão, lançar balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes e fumar ou fazer lume nos espaços florestais.

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.