sicnot

Perfil

País

PJ deteve mulher de Barcelos que se atirou ao rio com o filho ao colo

A Polícia Judiciária de Braga deteve a mulher que em Junho se terá atirado ao rio Cávado, em Barcelos, com o filho ao colo, informou hoje fonte daquela força.

HUGO DELGADO

Segundo a força, a mulher, de 37 anos, foi levada ao Tribunal de Guimarães, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.

A 17 de junho, uma mulher de 37 anos atirou-se da ponte de Rio Covo Santa Eugénia, em Barcelos, com um filho ao colo.

Pouco depois, a mulher foi resgatada da água por um popular, que para o efeito utilizou o seu barco.

O filho acabou por morrer, tendo sido resgatado da água no dia seguinte.

Desde então, a mulher esteve internada em psiquiatria, tendo agora sido detida pela PJ de Braga, em cumprimento de mandado judicial.

Está indiciada por homicídio qualificado.

Lusa

  • CPCJ de Barcelos atenta ao outro filho da mulher que se atirou ao Cávado
    2:09

    País

    A mulher de Barcelos - que atirou o filho de seis anos ao rio Cávado - tem um outro filho de dois anos. A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Barcelos vai acompanhar de perto a criança e a família, que até ao momento não estava sinalizada. A CPCJ considera que o filho mais novo está em segurança com a família mais alargada.

  • Casos de mães que matam os filhos
    2:22

    País

    Nos últimos tempos têm ocorrido muitos casos de mães que matam os filhos. Há pouco mais de uma semana, uma mulher de 37 anos atirou-se da ponte sobre o rio Cávado com o filho de seis anos. A mãe de Barcelos foi resgatada, mas a criança foi encontrada morta no dia a seguir. Em fevereiro, Sónia Lima entrou no Tejo com as duas filhas, que morreram afogadas. O Tribunal do Porto condenou a oito anos e três meses de prisão a mulher que em 2009 se atirou da Ponte D. Luís com o filho. Novamente, a mãe foi salva e a criança morreu. Em fevereiro de 2013, uma professora de artes visuais matou os dois filhos de 12 e 13 anos com ansiolíticos.

  • CPCJ de Barcelos atenta ao outro filho da mulher que se atirou ao Cávado
    2:09

    País

    A mulher de Barcelos - que atirou o filho de seis anos ao rio Cávado - tem um outro filho de dois anos. A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Barcelos vai acompanhar de perto a criança e a família, que até ao momento não estava sinalizada. A CPCJ considera que o filho mais novo está em segurança com a família mais alargada.

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.