sicnot

Perfil

País

Pai de Ellie condenado a 2 anos e meio de prisão por sequestro

O Tribunal de Faro condenou a 2 anos e 6 meses de prisão, com pena suspensa, o empresário que, em 2012, escondeu a filha em parte incerta durante 5 meses.

O caso remonta a 2012 quando Filipe Silva, após o divórcio da mãe da criança, foi de férias com a menina. Não a entregou de volta à progenitora, que vivia na Madeira, quebrando assim a regulação do poder paternal decidida pelo tribunal.

Ellie, na altura com 7 anos, esteve desaparecida durante 5 meses.

Só em fevereiro do ano seguinte (2013), após a detenção de Filipe Silva no Porto, a menina regressou para junto da mãe. O acusado recusou sempre revelar às autoridades o paradeiro da menina, revelando que agiu por desespero, com medo que a mãe levasse Ellie de volta para a Irlanda.

Filipe Silva terá de pagar uma indeminização no valor de 17.500 euros.

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31

    Grande Reportagem SIC

    Carlos Queiroz, ex-selecionador de Portugal, dá-nos uma entrevista forte e transparente. Entrevistámo-lo no Dubai, um lugar que a investigação da SIC coloca no centro do mapa do escândalo do GES/BES. Aqui antecipamos a Grande Reportagem da próxima semana.

    Exclusivo online