sicnot

Perfil

País

Portugal investe 176 mihões de euros no combate à erosão costeira

Portugal vai investir 176 milhões de euros nos próximos quatro anos para travar o recuo da costa, anunciou esta sexta-feira o ministro do Ambiente durante a apresentação de um plano nacional de defesa do litoral.

Lagos, Algarve (Reuters(Arquivo)

Lagos, Algarve (Reuters(Arquivo)

© Nacho Doce / Reuters

"Em toda a Europa, o litoral português é o mais frágil dos territórios", reconheceu Matos Fernandes durante a apresentação em Vagos, Aveiro, do documento Litoral XXI - Governança e Plano de Ação, que traça as prioridades de intervenção nos 987 quilómetros de costa, que tem vindo a perder território e biodiversidade devido às alterações climáticas.

Matos Fernandes classificou como "causa nacional" a proteção da costa e convidou autarcas e representantes de comunidades intermunicipais a juntarem-se ao Governo neste combate, lembrando que muitas das competência atualmente concentradas na Agência Portuguesa do Ambiente (APA) irão ser descentralizadas por força das alterações recentes à Lei Orgânica desta entidade.

"O Plano de Ação não é um documento fechado. Existem 68 milhões de euros para projetos a serem discutidos com autarquias", avisou Matos Fernandes.

A descentralização no combate à erosão passará, segundo explicou o presidente do Conselho Diretivo da Agência Portuguesa do Ambiente, Nuno Lacasta, pela contratualização com municípios através da celebração de contratos interadministrativos e de delegação de competências.

A primeira zona do país a beneficiar desta nova orientação será a frente marítima entre Costa Nova e Vagueira, uma das zonas mais frágeis do litoral, onde graças à articulação entre o Ministério do Ambiente e a Comunidade Intermunicipal da região de Aveiro (CIRA) vai ser feita a recarga das praias com dois milhões de metros cúbicos de inertes provenientes do Porto de Aveiro.

Com um valor superior a seis milhões de euros, a empreitada começará em novembro e tem prazo de conclusão previsto para janeiro de 2018.

Outras intervenções de destaque previstas para 2017 ao abrigo do documento Litoral XXI - Governança e Plano de Ação são a proteção das praias de Granja e Valadares (Gaia), a recuperação de esporões em Espinho e Cortegaça (Ovar), o reforço do cordão dunar na costa da Figueira da Foz (Cova Gala e Lavos) e a consolidação das arribas da Nazaré.

Estas intervenções estratégicas já previstas totalizam 57 milhões de euros e abrangem 13 concelhos, enquanto para o próximo ano estão inscritos 12 milhões de euros para vinte intervenções em 17 concelhos, no âmbito do PO SEUR, o instrumento da Estratégia Europa 2020 para o campo da Sustentabilidade e Uso Eficiente de Recursos, agregador de 2,2 mil milhões de euros de financiamento comunitário.

Com financiamento assegurado estão já projetos no valor de 39 milhões de euros, estando ainda previstos até ao final do plano de ação 68 milhões de euros destinados a contratos interadministrativos de delegação de competências.

"A zona costeira assume uma importância estratégica em termos ambientais, económicos, sociais, culturais e recreativos, pelo que o aproveitamento das suas potencialidades e a resolução dos seus problemas exigem uma política de desenvolvimento sustentável apoiada numa gestão integrada e transversal", resume Nuno Lacasta.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.