sicnot

Perfil

País

Médicos investigados por fraudes no valor de 943 milhões de euros

Cerca de 430 médicos estão a ser investigados por fraudes de milhões. Segundo o Jornal de Notícias, o Estado foi lesado em 943 milhões de euros por fraudes no Serviço Nacional de Saúde. Alguns dos casos detetados são o roubo de receitas e de vinhetas médicas, a prescrição abusiva de medicamentos, com níveis elevados de comparticipação do Estado, e ainda a falsificação de receitas, sem conhecimentos dos médicos.

© Regis Duvignau / Reuters

Os casos foram detetados pelo Ministério da Saúde e, nos últimos quatro anos, as fraudes lesaram o Estado em 943 milhões de euros.

O Serviço Nacional de Saúde enviou 573 processos - que envolvem 432 médicos, prestadores de serviços e utentes - à Polícia Judiciária e à Procuradoria-Geral da República.

Muitos dos casos foram detetados no centro de controlo da Maia, onde passam cerca de nove milhões de faturas todos os meses.

Os dados recolhidos permitem combater a fraude. Contudo, o Ministério da Saúde quer também usar a informação para reduzir o desperdício e garantir que não está a pagar dinheiro a mais, tanto às farmácias como aos prestadores de serviços.

A tutela promete ainda apertar a fiscalização às contas dos hospitais e das unidades de saúde.

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • Moutinho e Raphael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.