sicnot

Perfil

País

Assunção Cristas diz que Governo está a brincar com o fogo

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, disse hoje que o primeiro-ministro e o Governo "estão a brincar com o fogo" quando atuam com "irresponsabilidade, ligeireza, com uma grande imprudência".

"O primeiro-ministro e este Governo estão a brincar com o fogo quando atuam com irresponsabilidade, com grande ligeireza, quando atuam com uma grande imprudência", afirmou Assunção Cristas, na Ribeira Grande, Açores, na apresentação da cabeça de lista por São Miguel, Ana Afonso, às eleições regionais de 16 de outubro.

Para Assunção Cristas, "brincam com o fogo quando, em resposta à ameaça de sanções", respondem "está tudo bem" e não é preciso "fazer mais nada, porque o caminho está certo", mas, ao mesmo tempo, o "ministro das Finanças diz que o crescimento que tem previsto no Orçamento do Estado afinal não se vai realizar".

A dirigente centrista realçou que o Governo socialista também não diz como é que vão ser aplicados os cortes de 350 milhões de euros, questionando como é que este valor "vai impactar nas escolas, na saúde" ou nos fundos de apoio ao investimento.

"O primeiro-ministro só diz está tudo bem e não é preciso fazer mais nada, é a austeridade 'à la esquerda'", continuou a líder do CDS-PP, dizendo querer "saber onde é que estão os partidos de esquerda a olhar para esta sua austeridade".

Assunção Cristas apontou outro exemplo do que considerou ser brincar com o fogo e "fazer pouco dos portugueses".

"No mesmo dia em que o ministro das Finanças manda para Bruxelas esta carta do corte de 350 milhões de euros nos orçamentos dos vários ministérios, aquilo que vimos foi o primeiro-ministro com vários dos seus ministros fazerem uma festa com o orçamento participativo", declarou, classificando-o de "migalha".

Assunção Cristas disse questionar-se se o primeiro-ministro, António Costa, "não se terá esquecido que já não é presidente da Câmara de Lisboa", onde "tinha um orçamento participativo de 2,5 milhões de euros".

A dirigente do CDS Assunção Cristas destacou outros dois casos, estes relacionados com o sistema financeiro.

"O primeiro-ministro, de forma completamente irresponsável e ligeira, há uma semana que vem dizer que é preciso um banco mau para limpar 20 mil milhões de euros do sistema financeiro", realçou, acusando António Costa de nunca explicar, "porque não sabe, não aprofunda, não estuda".

Assunção Cristas referiu, ainda, a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos, sublinhando que as afirmações sem serem explicadas "têm apenas uma consequência, retirar a confiança no banco, retirar a confiança no sistema financeiro" e colocar em causa a credibilidade do país.

Sobre a eventual liquidação do Novo Banco, a líder do CDS-PP recuou ao momento em que o ex-ministro Teixeira dos Santos afirmou que "quando os juros da dívida portuguesa chegassem aos 7% tinha de pedir um resgate".

"Foi a maneira de acelerar a chegada aos 7%, aquilo que sinto quando vejo o que está a ser dito irresponsavelmente pelo Governo nesta matéria é mais ou menos o mesmo, é a maneira de destruir rapidamente valor e de fazer com que de facto se chegue a um momento inevitável de liquidação da instituição", acrescentou aos jornalistas.

Lusa

  • Morreu o vocalista da banda Linkin Park

    Cultura

    Um dos vocalistas da banda de metal alternativo Linkin Park, Chester Bennington, morreu, em casa, numa cidade do condado de Los Angeles, aos 41 anos. Chester Bennington ter-se-á suicidado, de acordo com a plataforma TMZ. O músico juntou-se aos Linkin Park em 1999, três anos após a formação da banda, que editou o seu álbum de estreia, "Hybrid Theory", em 2000. O disco, do qual fazem parte temas como "In the End", "Crawling" e "One Step Closer", vendeu dez milhões de cópias só nos Estados Unidos.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.