sicnot

Perfil

País

Governo vai reforçar Unidade de Coordenação Antiterrorismo

Governo vai reforçar Unidade de Coordenação Antiterrorismo

O Governo decidiu hoje em Conselho de Ministros reforçar o funcionamento da Unidade de Coordenação Antiterrorismo. A ministra da Justiça assegura que não está em causa um aumento do nível de ameaça. Contudo, recorda que Portugal é um potencial alvo do Daesh.

  • Hollande pede apoio a Portugal para combater terrorismo
    2:39

    País

    François Hollande esteve de visita a Lisboa, onde teve encontros com o Presidente da República e com o primeiro-ministro. O Presidente francês reafirmou a injustiça da aplicação de sanções e sublinhou os enormes sacrifícios que o país fez nos últimos anos para cumprir as regras europeias. Hollande pediu também apoio para combater o terrorismo.

  • PJ, PSP e GNR formam agentes graduados para novas ameaças globais

    País

    A partir de agora, Portugal tem formalmente uma Academia Europeia de Polícia. O despacho conjunto foi assinado pelas ministras da Justiça e Administração Interna. A CEPOL é um conceito criado no seio da União Europeia e Portugal, enquanto estado-membro, tinha o compromisso de o implantar no país. Na prática trata-se de uma unidade nacional que fará formação, em ponte com a União Europeia, para ter respostas para novas ameças globais como o terrorismo. A partir de 1 de julho, a CEPOL ficará sediada no novo edifício da Polícia Judiciária, e terá a colaboração de elementos da GNR e da PSP.

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47