sicnot

Perfil

País

Ministro da Defesa diz que só com eficiência se diminui probabilidade de ataques terroristas

O ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, defendeu hoje que só com muita eficiência de todos os departamentos do Estado é possível diminuir a probabilidade e a intensidade de ataques terroristas.

Em declarações pelo telefone à agência Lusa desde Washington, onde participou na reunião de ministros da Defesa da Coligação Global de combate ao Daesh, Azeredo Lopes foi questionado sobre a manchete de hoje do Diário de Notícias, que avança que o Serviço de Informações de Segurança (SIS) confirmou que houve uma ameaça de terrorismo direta a Portugal.

"Não me cabe confirmar nem afirmar e se o SIS o afirma é porque evidentemente isso aconteceu. O que isto confirma - aliás não é nada que qualquer um de nós tenha por surpreendente -- é, em primeiro lugar, a natureza absolutamente global, não circunscrita a um qualquer território, da ameaça que representa o Daesh", respondeu.

O ministro da Defesa Nacional foi perentório: "Só se formos muito eficientes é que conseguiremos, nunca impedir completamente a possibilidade destes ataques, mas diminuir pelo menos a sua probabilidade e também a sua intensidade".

"É bom termos a noção humilde e também sermos cada vez mais eficientes naquilo que estamos a fazer, quer ao nível da inteligência, dos serviços de informação, da defesa nacional, administração interna e de outros departamentos do Estado", acrescentou.

Na opinião de Azeredo Lopes, tendo em conta a "mitologia grotesca do regresso do seu Califado" do grupo jihadista Estado Islâmico, não se pode "pensar que Portugal ficaria arredado nem que fosse da ameaça", recusando, no entanto, "qualquer reação de medo".

Sobre a reunião de ministros da Defesa da Coligação Global de combate ao Daesh, o ministro da tutela explicou que se tratou de "saber qual foi a evolução no terreno" da ameaça terrorista, sendo "gratificante verificar que essa evolução é positiva".

"É positiva no terreno porque tem havido um recuo consistente das forças do Daesh tanto no Iraque como na Síria", justificou.

Sobre aquilo que ainda é preciso fazer, Azeredo Lopes enalteceu que "pela primeira vez foi tratado com bastante pertinência que o Daesh é uma realidade muito mais complexa do que aquilo que se passa na Síria e no Iraque ou até eventualmente na Líbia".

Segundo o ministro da Defesa Nacional, Portugal "contribui já de forma significativa em vários planos" no combate ao terrorismo, dando o exemplo, "na esfera concreta da Coligação Anti-Daesh, da representação importante em Besmayah, junto a Bagdade, num campo internacional onde partilha com Espanha e com Reino Unido a formação das forças armadas iraquianas".

"Portugal tem tido uma das posições das mais exemplares no que se refere à aceitação de refugiados", acrescentou ainda.

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.